Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas COLUNA DO JAECI

Uma ilusão chamada Jorge Sampaoli

Sampaoli é isso: ilusão, muita marra e pouca qualidade. Eu avisei, não me ouviram, agora é tarde!


15/02/2021 04:00 - atualizado 15/02/2021 09:53

(foto: Bruno Cantini/Atlético)
(foto: Bruno Cantini/Atlético)

O Atlético sucumbiu no Brasileirão, mesmo gastando R$ 200 milhões e contratando um técnico que tem boa parte da imprensa “babando o seu ovo”.

Quando Jorge Sampaoli foi contratado, em março, eu avisei que ele não conseguia equilibrar uma equipe, que era um cara difícil e que, aos 60 anos, não tinha títulos em clube algum. Apenas uma Copa América com uma das melhores gerações do Chile de todos os tempos. Fracassou na Seleção Argentina, no Sevilla e por onde passou.

Ele foi o maior adversário do Galo na temporada, pois era o único que disputava apenas o Brasileirão, descansava o time a semana toda, mas no jogo a gente não via nada demais.

Quando Keno desencantou, ainda conseguiu iludir o torcedor. Mas, bastou o atacante se machucar, para o Galo mostrar sua carência, justamente nesta reta final.

Especula-se que o Olympique de Marselha o quer. Porém, ele não deve aceitar, pois lá não há dinheiro para contratações, o clube não ganha nada há tempos e ele não terá essa torneira aberta que teve no Atlético.

Além disso tudo, terá de aprender o francês. Se o cara não se interessou em aprender o português, não teria interesse em aprender o idioma daquele país europeu.

Contratou quem quis e fez o que quis, não se relacionava com ninguém da gestão passada e escolheu os comandados. Todos jogadores medianos, sem expressão no futebol.

Os que me criticaram, em março, começaram a enxergar a realidade de novembro para cá. São os “engenheiros de obra pronta”, que mudam de lado de acordo com o vento. Que não têm isenção, nem qualificação para trabalhar no futebol. Qualquer idiota hoje é blogueiro ou coisa parecida. Por isso, o futebol está nessa lama.

O maior adversário do Galo foi seu próprio treinador, mas é fundamental que ele fique, pois não pode deixar esse caminhão de jogadores para outro, caso ele saia.

É preciso que a diretoria atual faça uma barca gigante, mandando embora jogadores que não têm mais condições de vestir a camisa alvinegra: Everson, Guga, Réver (que tem história de conquistas, mas que já não dá mais), Alan Franco, Sasha, Vargas, Hyoran, Nathan, Borrero e mais alguns que os nomes não me ocorrem agora.

Planejamento malfeito, contratações equivocadas, dinheiro jogado no lixo. Por mais que o mecenas tenha, é preciso responsabilidade na hora de adquirir atletas. Com o novo presidente, Sérgio Coelho, a banda vai tocar diferente. Sampaoli já não dá as cartas sozinho. É subordinado a Coelho, Renato Salvador e Rodrigo Caetano.

As contratações para esta temporada começam com Hulk, e o presidente promete mais três jogadores de alto nível, para a disputa da Libertadores. O grande problema será fazer uma limpeza e mandar embora jogadores com contratos longos, que ganham fortunas.

Qualquer jogadorzinho medíocre ganha R$ 300 mil mensais, um absurdo para um país onde a população ganha salário mínimo de fome.

Já passou da hora de os clubes reverem isso, de os dirigentes terem responsabilidade fiscal. Isso virá com o clube-empresa, e o torcedor tem que exigir que seu clube faça adesão ao projeto que já está aprovado na Câmara, e será aprovado no Senado em março.

Mesmo não gostando do trabalho de Sampaoli, acho que ele deve ficar, justamente para assumir a barca que contratou e que não deu resultado. Uma barca cara, de jogadores medianos, que não deram o menor retorno. O torcedor se iludiu numa competição atípica, onde os favoritos tropeçaram demais.

A ilusão chamada Sampaoli hipnotizou grande parte dos torcedores, sofridos pelos 49 anos sem o troféu do Brasileirão. Agora, serão 50 anos de frustrações, tristezas e decepções.

O fiel torcedor alvinegro não merece isso. Sonhou com a taça, se empolgou por ela e saiu frustrado, com um pesadelo sem tamanho. Sampaoli é isso: ilusão, muita marra e pouca qualidade.

Eu avisei, não me ouviram, agora é tarde! Vale lembrar que todos os jogadores foram contratados na gestão passada. Equívocos históricos e dinheiro jogado no lixo!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade