Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Gesto de acalento, o abraço inspira designer em campanha pró-vacinação

O mineiro Paulo Mendonça é o convidado da seção Vacina para Todos, publicada às sextas-feiras na Coluna Hit


27/08/2021 04:00 - atualizado 27/08/2021 07:28


“Nunca fui muito de abraços, às vezes até recuava. Coisa minha, de gente um pouco tímida que sempre deixa essas experiências pra depois. Agora, durante a pandemia, percebi que nada substitui o abraço, gesto de acalento, de calor, e da mais pura essência humana. Em minhas lembranças estão as poucas e sinceras memórias desse afeto”, revela o designer Paulo Mendonça, que assina a imagem publicada hoje pela coluna. “Eu quero o abraço, eu quero a vacina”, diz ele. “É como quero encarar o futuro, é como desejo receber meus amigos e é como quero expressar meus sentimentos.”

• • •

Designer gráfico, ilustrador e DJ, Paulo Mendonça é formado pela Escola de Design da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg). Nascido em Itabirito e apaixonado por música e imagem, ele acredita no papel transformador de seu ofício. Mendonça também se dedica a pesquisas multidisciplinares para construir novas narrativas e perspectivas críticas que incluam a preservação das memórias e estéticas negras.

MUSICAL
A BROADWAY É AQUI

A Cia. Terceiro Sinal apresenta “Uma noite na Broadway”, nesta sexta-feira (27/08), às 20h, no 26º Festival de Inverno de Congonhas, com transmissão on-line nas redes sociais da prefeitura da cidade. Com 15 canções, o espetáculo é uma releitura de musicais que se tornaram clássicos. O repertório tem sucessos de “O fantasma da ópera”, “Annie”, “A bela e a fera”, “O Rei Leão”, “Cats”, “Mamma mia”, “Hairspray” e “Hair”. Durante a apresentação, haverá homenagem a Gustavo Procópio, professor do Espaço Cultural Terceiro Sinal, que morreu em abril, aos 29 anos, vítima da COVID-19.

TEA
HISTÓRIA EM LIVRO

Os 20 anos de carreira do artista plástico, roteirista e cineasta Ernane Alves serão comemorados com uma série de eventos, entre eles o lançamento de “Colapso azul”. O livro mostra o autismo sob a ótica particular de Ernane, que foi diagnosticado com TEA (transtorno do espectro autista), em 2009. Depois de 10 anos sem falar sobre o assunto, ele decidiu tratar abertamente do tema em seu trabalho.

• • •

“Vinha recebendo centenas de mensagens de pessoas me pedindo para escrever um livro, devido ao sucesso de meus artigos postados no blog Luz azul”, conta Ernane. Publicada pela Páginas Editora, a obra tem lançamento presencial marcado para 11 de setembro, no Palácio das Artes.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade