Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas COLUNA HIT

Conheça o mundo sem sair de casa, propõe empresária do setor de turismo

Carolina Fonseca Vilela criou caixas temáticas com livros e objetos ligados a países que despertam o desejo de viajar


28/03/2021 04:00 - atualizado 28/03/2021 07:46

Caixa do Japão tem romance, guia e origami(foto: Taste the World/acervo)
Caixa do Japão tem romance, guia e origami (foto: Taste the World/acervo)

Tudo ia bem para a empresária de turismo Carolina Fonseca Vilela (@tastetheworld.me), que no início de 2020 festejava os pacotes já vendidos para setembro. Há cinco anos no mercado com sua Taste the World, ela se especializou em ofercer roteiros exclusivos aos clientes. “As viagens sempre têm um foco específico, pode ser arte, gastronomia ou história”, diz Carol, que faz todo o trabalho sozinha. “A agência sou eu”, brinca.

Veio a pandemia e o novo coronavírus levou os planos dela, assim como os de todos nós. Foi um mês de muito trabalho para cancelar reservas de hotéis e passagens aéreas, além de devolver o dinheiro para a clientela. “Não tínhamos a menor ideia do que ia acontecer, a coisa só foi piorando”, relembra.

Carolina resolveu seguir adiante. “Naquele momento de notícias ruins, decidi que queria falar de coisas boas.” Pensou, então, numa forma de estimular o cliente a continuar sonhando em viajar. “Conhecer o mundo, mesmo dentro de casa.”

Carolina apostou nas lives – “hoje, ninguém tem paciência para elas”, diz –, promovendo encontros virtuais com especialistas em áreas sem relação direta com o turismo. Falou de arte islâmica e vinhos, entre outros temas..

Deu certo. “O retorno do público foi muito bom, mas naquele momento eu estava começando a trabalhar de outra forma. Não tinha feito uma live na vida”, revela. “Queria tornar a quarentena menos sofrida, ensinando as pessoas para que elas estivessem preparadas quando as coisas voltassem ao normal.”

O ano de 2020 acabou e Carolina, como muita gente, pensou que tudo iria melhorar. As vendas de pacotes de viagens foram poucas, todos praticamente para roteiros no Brasil. “O turismo interno se sofisticou com o público mais exigente que não foi para o exterior”, acredita. Ela, então, decidiu incrementar o site da agência, disponibilizando o conteúdo de suas lives.

Foi dessa maneira que ela descobriu o grande barato do turismo, setor que encontra dificuldades para enfrentar a crise. Se estava difícil levar viajantes pelo mundo afora, nada mais cômodo do que trazer o mundo até a casa deles.

Em março, Carol lançou uma série de caixas temáticas. Inspirada no Japão, a primeira traz o romance “Gaburieru no Japão” (Editora Miguilim), escrito por Renato Almeida, que morou 10 anos naquele país, o “Guia de Tokio”, de Evelyn Almeida, receitas de drinques e um tsuru, origami criado por Nana Vale.

Na cultura nipônica, o tsuru representa o desejo de coisas boas. “É disso que estamos precisando agora”, conclui Carol.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade