Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas PROMOÇÕES

A black friday vem aí. Veja dicas para evitar prejuízos e aborrecimento

Aproveite as ofertas, mas antes se certifique de que os descontos são realmente reais. Muna-se de paciência, planeje bem e pesquise preços


22/11/2021 04:00 - atualizado 22/11/2021 08:01

Homem observa vitrine de loja coberta de adesivos que anunciam a black friday
Criada nos EUA, a black friday caiu no gosto de comerciantes e consumidores brasileiros (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Por um desses acasos da vida, cheguei a Nova York numa black friday – a campanha ainda não existia por aqui, estava começando por lá. Entrei numa daquelas lojas de departamento e desatinei por completo. Tenho até hoje um jogo americano de linho italiano estampado, cada peça custava praticamente o preço de um guardanapo de papel. Sem falar que em todas as seções do shopping as mercadorias custavam pouco mais do que nada, era difícil resistir.

Custou um pouco para essa campanha, criada pelo comércio americano para limpar estoque de loja, chegar por aqui. Até onde dá para comparar, a motivação brasileira é outra: vender mesmo, sem “limpar estoque”. Por isso, a diferença é bem grande: algumas ofertas são válidas, mas muitas delas representam apenas um truque para conquistar o comprador. Tipo colocar preço maior do que o real para depois tirar alguns reais.

Porém, pelo sim, pelo não, a black friday nacional conquista compradores, ainda mais nesta temporada de tantos problemas e aflições. Aproveitar a campanha sem cair em golpes é uma boa. Decisões simples podem evitar grandes prejuízos. A principal é focar nos melhores preços só daquilo de que você realmente precisa, pesquisando em sites e lojas para ter certeza de bons negócios.

Comprar de forma planejada e consciente é um dos principais segredos da educação financeira e da arte de poupar. Assim, é mais difícil se deixar levar por impulsos consumistas ou apelos publicitários.

Quem já se planejou e quer encarar a maratona de compras deve considerar algumas orientações. A principal é aquela dose extra e fundamental de paciência, pois estresse e pressa levam ao impulso de adquirir produtos sem pesquisar. Resultado: você paga mais caro. Abaixo, publicamos dicas de especialistas sobre os cuidados que devem ser tomados:

» Faça a lista detalhada de tudo o que pretende comprar e de quem deseja presentear, considerando principalmente o quanto pretende gastar com cada item. Esse levantamento ajuda a evitar compras por impulso.

» Não compre se para isso precisar se endividar. Parcelamento também é dívida. Se for inevitável, tenha certeza de que o gasto caberá no orçamento dos próximos meses. E adote poucas parcelas.

» Pesquise em várias lojas e sites para ter certeza de que conseguirá descontos realmente interessantes.
 
» Aproveite a internet como importante meio de pesquisa. Mas cuidado: só acesse e compre em sites confiáveis, pois crimes digitais são cada vez mais comuns.

» Se sua situação financeira for problemática, uma dica é priorizar as crianças. Fica mais fácil explicar para adultos e jovens o motivo de não receberem presentes.

» Cuidado com seus dados – informações pessoais como telefone, CPF, endereço e número de cartões. Evite colocá-los em qualquer formulário. Sempre se preocupe se o site em que for se cadastrar é seguro.

» Cuidado com as senhas. Busque ter senhas diferentes para cartões, sites e cadastros. É recomendável alterá-las constantemente. Evite dados mais simples como o seu nome, números 123 na sequência e data de nascimento

» Priorize o pagamento com cartão de crédito. No caso de compras on-line, essa é a opção mais segura, pois simplifica o cancelamento, permitindo contestar a cobrança e solicitar o reembolso do valor, além de identificar possíveis fraudes. Evite transferência bancária ou boleto.

» Fuja de condições extraordinárias. Quando o milagre é demais, desconfie. Ofertas com descontos sensacionais são as mais usadas para golpes; não acredite nelas.

» Atualize sempre o antivírus. Faça isso para proteger sistemas operacionais de computadores e smartphones, dificultando a instalação de programas maliciosos. Também faça varreduras constantes.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade