Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Simplicidade e sofisticação marcam resort 21 da Emilio Pucci

Coleção traduz códigos da maison italiana e celebra os principais ícones do guarda-roupa feminino


postado em 14/07/2020 04:00

Nos anos 1960, quem não tinha um modelo Pucci para usar nas festas chiques da cidade não estava com nada. Poucas eram as que possuíam essa diferença, porque as roupas eram todas importadas, o mercado ainda não estava aberto e custavam, por isso, uma nota preta. Duas corajosas vendiam a marca, Mary Caetano e Maria Eunice Medrado, que tinham Maria Italiana como fornecedora constante. Maria trazia da Itália malas repletas de luxo e grifes alinhadas, que eram vendidas para as abonadas da cidade.
Estampas revigoram a coleção e dão ar contemporâneo à maison (foto: FOTOS: Emilio Pucci/DIVULGAÇÃO)
Estampas revigoram a coleção e dão ar contemporâneo à maison (foto: FOTOS: Emilio Pucci/DIVULGAÇÃO)
O desejo de usar esse tipo de etiqueta era tão grande que muitas das mulheres conhecidas não se acanhavam de pedir um ou outro modelo emprestado para as amigas. E a partir desse modismos, até as lingeries da marca, que eram encontradas na Victoria Secret de Nova York, faziam sucesso. Depois que o mercado de importados foi aberto, a marca italiana passou por um certo sumiço por causa da novidade de outras grifes. Voltou há pouco tempo e está no mesmo patamar de luxo: preço alto, modelagem perfeita, estampas exclusivas.
Cores
Cores "comfy" como rosa suave, valoriza a feminilidade

E é por causa disso que a coleção resort 21 da Emilio Pucci continua traduzindo os códigos da maison: a simplicidade e a sofisticação se encontram com a feminilidade e a jovialidade para reinterpretar a identidade Pucci de hoje. São celebrados os principais ícones do guarda-roupa feminino, como pijamas, caftans e camisas, com uma leveza chique que faz parte do DNA da Emilio Pucci, de uma forma autêntica com estilo e elegância. A silhueta minimalista e limpa indica uma atitude mais relaxada e casual.

Quatro prints –  Battistero, Dinamica, Scorci Fiorentini e Vetrate –, constituem uma ode à cidade de Florença em toda a sua grandeza. Uma paleta de cores "comfy" e feminina – composta de rosa suave, azul acinzentado, branco e amarelo – evoca um olhar relaxado, observando o nascer do sol. Distintas e harmoniosas, as cores expressam autenticidade e serenidade.

É uma busca pela beleza, que pode ser vista na leveza do georgete de seda, no luxo das pluminhas bordadas em organza de seda, no conforto das camisas e caftans de seda e no legado de roupas com uma pegada esportiva, algo que está no DNA da Emilio Pucci. A valorização da feminilidade é exaltada. E ao mesmo tempo pensada para uma mulher que sabe apreciar os pequenos prazeres da vida. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade