Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Nada preocupa mais o brasileiro do que a inflação, mostra pesquisa

Para se ter ideia do impacto que a alta de preços provoca na vida das pessoas, apenas 9% apontaram o desemprego como o maior de seus problemas


09/06/2022 04:00 - atualizado 09/06/2022 07:27

Correção de preços nas gôndolas do varejo preocupam consumidores e explicam queda de popularidade de Bolsonaro
Correção de preços nas gôndolas do varejo preocupam consumidores e explicam queda de popularidade de Bolsonaro (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press - 10/9/12)

A crise está no centro das preocupações dos brasileiros. Um braço da pesquisa eleitoral Genial/Quaest descobriu que 23% dos entrevistados consideram a inflação o principal entrave econômico do país. O que impressiona é como o tema ganhou relevância nos últimos meses. Em setembro do ano passado, o percentual era de apenas 6%.

Para se ter ideia do impacto que a alta de preços provoca na vida das pessoas, apenas 9% apontaram o desemprego como o maior de seus problemas. A inflação provoca estragos principalmente no bolso dos mais pobres. Segundo dados do Dieese, a cesta básica em São Paulo, a mais cara do país, custa impressionantes R$ 777,93. O valor, acredite, equivale a 64% do salário mínimo. Isso explica por que o número de miseráveis não para de subir e ajuda a entender também por que a popularidade do presidente está em queda. Se gasta tanto para comer, como o indivíduo arcará com despesas de moradia, saúde higiene, lazer e transporte?

No agronegócio, mais uma safra recorde

O agronegócio, sempre ele, mais uma vez alivia o rosário de indicadores negativos gerados pela economia brasileira. Segundo dados apurados pelo IBGE, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas deve fechar 2022 com o volume recorde de 263 milhões de toneladas. A previsão atual representa um aumento de 0,6% em relação à estimativa anterior, mas não é só isso. Se for confirmada, a safra será 3,8% maior do que a de 2021, que totalizou 253,2 milhões de toneladas.

Incorporadora Mitre é a nova dona da Daslu
(foto: Louis Vuitton/divulgação %u2013 18/5/07 )

Incorporadora Mitre é a nova dona da Daslu

Acabou o suspense. Depois de especulações, a incorporadora Mitre Realty, especializada no mercado de alto padrão, revelou que foi a vencedora do leilão da marca de luxo Daslu, que teve a falência decretada em 2016. A Mitre venceu as disputas com um lance de R$ 10 milhões. Originalmente, o valor pedido era de R$ 1,4 milhão, uma fração do dos 400 milhões anuais que a Daslu movimentou em meados dos anos 2000. Uma das ideias da incorporadora é lançar produtos associados à sua nova marca.

Bolsa cai no embalo dos maiores riscos fiscais

O aumento dos riscos fiscais representados pelos projetos do governo para diminuir os preços dos combustíveis tem desanimado os investidores do mercado de ações. Ontem, o Ibovespa fechou mais um pregão em queda – foi o quarto recuo consecutivo. O choque de liberalismo prometido por Paulo Guedes e companhia tornou-se, na verdade, uma grande embromação. Basta dar uma espiada nas frequentes intervenções na Petrobras para notar que de liberal este governo não tem nada.

Rapidinhas

Nesta semana, representantes de diversas empresas brasileiras visitarão Israel, onde participam de um projeto de imersão em inovação organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O grupo, composto por empresários, pesquisadores e integrantes da CNI e federações das indústrias, vai conhecer centros de pesquisa, universidades e indústrias israelenses.

Israel investe 4,93% do PIB em pesquisa e desenvolvimento (P&D) e a inovação está no centro do sucesso da economia local. O valor investido na área é o dobro da média dos países que compõem a OCDE. O país tem a maior concentração per capita de startups do mundo: uma a cada 400 pessoas.

Entre as empresas que vão participar da imersão, que passará pelas cidades de Tel Aviv, Rehovot, Haifa e Jerusalém, estão Embraer, O Boticário, Basf, Nugali, Nanovetores, WEG e Akaer Engenharia, que venceram o Prêmio Nacional de Inovação. A visita vai acontecer entre os dias 12 e 16 de junho.

Esta será a terceira vez que a CNI faz um trabalho desse tipo em Israel. Segundo a entidade, cerca de 70 empresários, executivos e autoridades já puderam conhecer e interagir com o ecossistema de inovação israelense. Uma dessas visitas resultou na assinatura da principal parceria internacional da CNI na área de inovação, com a empresa Sosa.

21% foi quanto aumentou o preço da tarifa aérea doméstica no primeiro trimestre de 2022
(foto: Reprodução da internet %u2013 22/8/16 )


21%

foi quanto aumentou o preço da tarifa aérea doméstica no primeiro trimestre de 2022 em relação ao mesmo período de 2019, antes da pandemia. O dado foi divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).


“A escalada de aumento do petróleo está ligada a uma questão conjuntural – a guerra – e não se resolve com solução estrutural, que é um tributo”
Décio Padilha, presidente do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz), sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para reduzir os preços dos combustíveis

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade