SIGA O EM

STJ arquiva sindicância contra Pimentel

Procurador diz que não viu indícios nas denúncias de tentativa de obstrução da Lava-Jato. Defesa diz que decisão era esperada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 09/08/2017 13:57 / atualizado em 09/08/2017 14:12

Alessandra Mello

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) arquivou a sindicância aberta contra o governador Fernando Pimentel (PT) por suspeita de tentativa de obstruir a Operação Lava-Jato. O pedido e arquivamento foi feito pelo vice-procurador-geral da República, José Bonifácio Borges de Andrada.

A sindicância, procedimento que antecede à abertura do inquérito, foi aberta a partir da delação dos executivos da Odebrecht, Marcelo Odebrecht e João Carlos Mariz Nogueira.

De acordo com os delatores, quando era ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do governo Dilma Rousseff (2011/2014), Pimentel teria atuado em favor da empreiteira para atrapalhar as investigações em um processo da Lava-Jato e que a que a empresa tentou eliminar provas fazendo uma varredura em equipamentos eletrônicos.

O pedido de arquivamento foi aceito no último dia 1º de agosto pelo ministro Raul Araújo.

“O arquivamento já era esperado. Era absolutamente insensata a suposição que deu causa a sindicância, o que se confirmou posteriormente. Enfim, nem tudo que reluz é ouro”, afirmou por meio de uma nota o advogado do governador, Eugênio Pacelli.

De acordo com Andrada, "os elementos colhidos junto aos colaboradores não revelam indícios de que Fernando Damata Pimentel tenha efetivamente impedido ou embaraçado as investigações".

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Silvio
Silvio - 09 de Agosto às 20:22
Correto. Se o STF nao achou indícios de culpa, tem que arquivar mesmo.
 
claudio
claudio - 09 de Agosto às 19:38
falta de asseio jurídico!!..só o pobre vai p/ cadeia!!!..como o lula disse ser pobre aquele canalha vai p/ cadeia!!
 
Prime
Prime - 09 de Agosto às 19:35
Alguma novidade nisso?
 
Druso
Druso - 09 de Agosto às 20:04
Olha o viadinho aqui....
 
José
José - 09 de Agosto às 17:50
temer TENTA TIRAR janot e jpa BATE UM CARIMBO DE SUSPEIÇÃO NA TESTA DA FUTURA ! ! ! Vê se aprende com profissional !
 
José
José - 09 de Agosto às 17:46
Em Minas e, contra alguém do PT - as investigações se realizam ! ! !
 
Full
Full - 09 de Agosto às 17:30
coxinhas revoltados em 3...2...1....
 
Helena
Helena - 09 de Agosto às 17:28
Pague as minhas férias prêmio. Aposentei e tenho direito. Só depois que eu morrer? O que tenho que receber é menos que um salário desses deputados corruptos.
 
VALTER
VALTER - 09 de Agosto às 17:17
Demorou os moralistas de plantão aparecerem. kkkkkkkkk
 
carlos
carlos - 09 de Agosto às 16:03
Brasil: Judiciário, legislativo e executivo corruptos. Exército em berço esplêndido, Povo ferrado.
 
claudio
claudio - 09 de Agosto às 15:21
Enquanto a justiça favorecer os desonestos , o povo não terá vez!!Se continuarem debochando tanto do povo, é possível que chegue um momento em que a população decida fazer justiça com as próprias mãos e em vez de esperar esta vergonha judiciária o povo sairá matando os ladrões, inclusive os de toga!!
 
José
José - 09 de Agosto às 15:09
Enquanto isso, TEMER: - Compra psotitutos parlamentares. - Parece, parece, . . . . , parece que está rolando algo com o JUDICIÁRIO. etc., etc., etc., AÉCIO ESTÁ FORAGIDO - - - - - - - - - E TUDO """""""""""""""BEM"""""""""""""" /FAZ DE CONTA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Ricardo
Ricardo - 09 de Agosto às 15:09
Pilantrel
 
José
José - 09 de Agosto às 15:06
Parabéns governador ! ! ! - - - - - Espero que V.Exa. resolva, de uma vez por todas, a situação financeira do estado SEM TER QUE PEDIR ESMOLA a quem deve muito ao Estado e NÃO PAGA. Só a metade deste débito federal resolveria tudo ! ! !
 
José
José - 09 de Agosto às 14:52
Tomaram SUPOSITÓRIO genérico ou vencido e se lascaram ! ! ! E agora P I G ? ? ? ? ?