Publicidade

Estado de Minas FIM DE LINHA

Volkswagen confirma o fim da produção do up! na fábrica de Taubaté (SP)

Modelo subcompacto vinha sendo vendido em apenas uma versão com motor turbo e sai de linha seguindo uma adequação do portfólio da marca


10/04/2021 04:00

Desde dezembro de 2020, o modelo vinha sendo vendido apenas na versão Xtreme 1.0 TSI(foto: Volkswagen/Divulgação)
Desde dezembro de 2020, o modelo vinha sendo vendido apenas na versão Xtreme 1.0 TSI (foto: Volkswagen/Divulgação)


A Volkswagen confirmou o fim da produção do hatch subcompacto up! na fábrica de Taubaté (SP). De acordo com a montadora, “a decisão segue a estratégia de renovação do portfólio da Volkswagen, que passa pela maior ofensiva de produtos da sua história no país”. O modelo vinha sendo vendido desde dezembro passado apenas na versão Xtreme 1.0 TSI, homologado para quatro ocupantes, já que não havia sido adequado à Resolução 518 do Contran, em vigor desde 29 de janeiro, que exige cinto de três pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes, além de ancoragem Isofix para cadeiras infantis.
 
O interior do subcompacto é prático, com muito plástico duro, mas com bom espaço para os ocupantes(foto: Volkswagen/Divulgação)
O interior do subcompacto é prático, com muito plástico duro, mas com bom espaço para os ocupantes (foto: Volkswagen/Divulgação)
 
 
Lançado no mercado brasileiro em 2014, o VW up! Sempre teve como destaque a segurança e o bom desempenho de seu conjunto mecânico, seja com o motor 1.0 aspirado ou com o 1.0 turbo. Mas o preço elevado fez com que o modelo nunca se destacasse entre os mais vendidos. No ano passado, foram vendidas 6.924 unidades do hatch, que não tinha preço para encarar seus principais concorrentes. Este ano, vendido apenas na versão Xtreme 1.0 TSI, foram emplacadas apenas 1.839 unidades.
 
O VW up! Nunca chegou a ter grande volume de vendas, pois seu preço sempre foi considerado alto(foto: Volkswagen/Divulgação)
O VW up! Nunca chegou a ter grande volume de vendas, pois seu preço sempre foi considerado alto (foto: Volkswagen/Divulgação)
 
 
O fim do up! no mercado brasileiro começou a se desenhar quando a VW deixou claro o seu interesse por outros segmentos e não demonstrou a intenção de mexer no modelo para adequá-lo às exigências da Resolução 518 do Contran. A fabricante optou apenas por reduzir o leque de versões, retirando a MPI (com motor 1.0 aspirado) e a Connect. Na linha 2021, o VW up! tinha apenas a versão Xtreme com faróis com máscara escurecida, faróis de neblina, friso duplo na grade dianteira, luzes indicadoras de direção nos retrovisores, maçanetas na cor do veículo, para-choque dianteiro com detalhe em preto brilhante, rack do teto e tampa do porta-malas pintada em preto com abertura elétrica push button. O único opcional era a pintura metálica, nas cores cinza platinum e prata sirius, com preço de R$ 1.570. O up! Vinha sendo vendido por R$ 60.090.
 
O porta-malas, com 285 litros de capacidade, era compatível com o tamanho do hatch(foto: Volkswagen/Divulgação)
O porta-malas, com 285 litros de capacidade, era compatível com o tamanho do hatch (foto: Volkswagen/Divulgação)
 

EQUIPAMENTOS Apesar de não ter um visual dos mais atraentes, o hatch subcompacto trazia de série direção com assistência elétrica (Easy Drive), volante multifuncional, ar-condicionado com filtro de pólen e poeira, sensor de estacionamento traseiro (Park-Pilot), rodas de liga leve de 15 polegadas, sistema de som Composition Phone, suporte para smartphone, travas e vidros dianteiros elétricos, espelhos retrovisores externos eletricamente ajustáveis com função tilt-down no lado direito e revestimento dos bancos em malharia Loop preto. Mas o seu forte sempre foi o quesito segurança, que nessa versão trazia duplo airbag frontal, sistema Isofix para fixação da cadeirinha infantil no banco traseiro, Top Tether, alerta sonoro e visual de não utilização do cinto de segurança, freios ABS com distribuição eletrônica da força de frenagem (EBD), alerta de frenagem de emergência (ESS), controle de tração e luz de condução diurna (DRL).

CONJUNTO MECÂNICO O up! Xtreme é equipado com o motor 1.0 TSI de três cilindros, turboalimentado, Totalflex, que conta com injeção direta de combustível. Desenvolve 101cv com gasolina e 105cv com etanol, e 16,8kgfm de torque a partir de 1.500rpm. O câmbio é manual de cinco marchas. Com esse conjunto, o hatch compacto acelera até 100km/h em 9,3 segundos, com máxima de 183km/h, quando abastecido com etanol. O VW up! tem 3,64m de comprimento, 2,42m de distância entre-eixos, 1,91m de largura e 1,50m de altura. O porta-malas tem capacidade para 285 litros, mas pode ser ampliada com o rebatimento do encosto do banco traseiro.
 
Para a Volkswagen, “o up! é um marco para o desenvolvimento de veículos da marca, em termos de segurança e performance”. O fabricante ressalta que o modelo foi o primeiro compacto do mercado brasileiro a atingir a nota máxima nos testes do Latin NCAP. “Além disso, o up! foi o pioneiro na introdução dos motores TSI produzidos no Brasil, oferecendo alta performance, baixo consumo de combustível e prazer ao dirigir”, conclui a VW.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade