Publicidade

Estado de Minas

Volkswagen Polo GTS chega às concessionárias com preço de Golf: R$ 99.470

Compacto traz motor 1.4 turbo, com 150cv de potência e 25,5kgfm de torque, e acelera até os 100km/h em 8,4 segundos. Velocidade máxima é de 207km/h


postado em 25/01/2020 04:00

Modelo tem faróis de LED, novo para-choque dianteiro, rodas diamantadas de 17 polegadas e capas dos retrovisores em preto brilhante(foto: Volkswagen/Divulgação)
Modelo tem faróis de LED, novo para-choque dianteiro, rodas diamantadas de 17 polegadas e capas dos retrovisores em preto brilhante (foto: Volkswagen/Divulgação)


A Volkswagen finalmente lançou o Polo GTS, versão nervosinha do hatchback compacto, que chega ao mercado a partir de R$ 99.470, preço de Golf (pelo menos para as finanças da marca alemã, o médio, tirado de linha para a fabricação do SUV T-Cross, não fará muita falta). Para pegar o consumidor pela emoção, a marca evoca um apelo nostálgico ao lançamento, usando frases como "foram 26 anos desde que a lendária sigla de três letras deixou o portfólio da Volkswagen no Brasil", em alusão ao Gol GTS. E em breve, será a vez do sedã Virtus ganhar a mesma versão.
 
Na traseira, lanternas de LED trazem assinatura noturna diferenciada e dupla saída de escapamento(foto: Volkswagen/Divulgação)
Na traseira, lanternas de LED trazem assinatura noturna diferenciada e dupla saída de escapamento (foto: Volkswagen/Divulgação)
Assim como o Golf, o Polo GTS traz sob o capô o motor 1.4 turbo flex (250 TSI), com 150cv de potência e 25,5kgfm de torque, e câmbio automático de seis marchas com acerto mais afiado, que explora melhor as rotações. Trocas manuais podem ser realizadas por aletas. Com esse conjunto, o compacto acelera até os 100km/h em 8,4 segundos e atinge máxima de 207km/h. Aceleramos o veículo durante uma prévia à imprensa, quando foi possível constatar a diferença significativa em relação ao motor 1.0 turbo, com respostas rápidas.
 
De acordo com a Volkswagen, foram feitos ajustes nas suspensões, como a adoção de um eixo mais rígido na traseira e amortecedores recalibrados. Os freios, com disco nas quatro rodas, foram dimensionados ao apetite do Polo GTS. A direção ficou mais direta em alta velocidade. Conforme a intenção do motorista, é possível adaptar a resposta do veículo de acordo com os modos de condução Eco, Normal, Sport e Individual.
 
Quadro de instrumentos digital é de série na versão(foto: Volkswagen/Divulgação)
Quadro de instrumentos digital é de série na versão (foto: Volkswagen/Divulgação)

VISUAL O Polo GTS traz como detalhes exclusivos faróis full LED ligados por um filete vermelho, grade do radiador em formato de colmeia com a logomarca GTS, novo para-choque dianteiro, rodas diamantadas de 17 polegadas, capas dos retrovisores em preto brilhante, defletor na tampa do porta-malas também pintado em preto brilhante, seção inferior do para-choque traseiro exclusiva, lanternas de LED com assinatura noturna diferenciada e dupla saída de escapamento.
 
Por dentro, destaque para o quadro de instrumentos digital, integrado à tela de oito polegadas do sistema multimídia. O volante tem acabamento de couro, costuras vermelhas e a sigla GTS na base. Como já é comum nas versões esportivas, o interior é todo escurecido: teto, bancos e laterais de porta. Mas há detalhes em vermelho nas molduras das saídas de ar, base da alavanca de câmbio e tapetes. Os bancos são revestidos em couro e tecido, com linhas horizontais que fazem referência aos modelos da década de 1980. Eles têm formato esportivo, oferecendo mais apoio, com os apoios de cabeça integrados como nos carros de competição.
 
O pacote de equipamentos reúne controles de tração e estabilidade, bloqueio eletrônico do diferencial, sistema de frenagem automática pós-colisão, detector de fadiga, retrovisor interno eletrocrômico, sensores de chuva e crepuscular, controlador automático de velocidade, chave presencial, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, câmera de ré e sistema multimídia com navegação.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade