Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Tudo pela diversidade

Entre as novidades previstas para desembarcar no Brasil em 2019 estão também três modelos elétricos, várias opções de utilitários-esportivos e picapes de tamanhos diferentes


postado em 29/12/2018 05:07

(foto: Volkswagen/divulgação)
(foto: Volkswagen/divulgação)
Os modelos elétricos ainda chegam ao Brasil de forma tímida, mas para 2019 três marcas já confirmaram o desembarque de seus produtos por aqui: Nissan Leaf, Chevrolet Bolt e Renault Zoe. Trata-se de um segmento que ainda engatinha no território nacional, bem diferente dos SUVs, que no próximo ano vão chegar em bando, em configurações de cinco e sete lugares. E para quem gosta de picapes, serão lançados modelos pequeno, intermediário e médio. Confira!

ELÉTRICOS O mercado brasileiro terá três modelos elétricos a partir do ano que vem com “preços mais em conta”, se é que se pode dizer assim. O mais barato será o Renault Zoe, que virá importado da França e chegará por aqui com preço de R$ 149.990. O modelo será lançado ainda no primeiro semestre e tem autonomia de 300 quilômetros com uma carga, sendo que é preciso uma hora e 40 minutos para recarregar 80% da bateria.

Também no primeiro semestre chaga o Chevrolet Bolt, que tem autonomia um pouco maior – 380 quilômetros – e motor com potência de 200cv. O preço anunciado é de R$ 175 mil. Já o Nissan Leaf tem as primeiras entregas definidas para junho, pois já está em pré-venda, por R$ 178.400. O modelo da marca japonesa tem motor elétrico de 150cv e autonomia de 400 quilômetros.




VOLKSWAGEN T-CROSS (foto) No segmento de SUVs é grande a expectativa pela chegada do VW T-Cross, compacto que chegará ao mercado brasileiro no primeiro trimestre de 2019. Produzido no Paraná, o modelo terá as opções de motores 1.0 TSI (116cv/128cv) e 1.4 TSI (150cv), com cãmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades. Com distância entre-eixos de 2,65m, o SUV compacto tem bom espaço interno e recheada lista de equipamentos de série, que traz controle eletrônico de estabilidade (ESC), seis airbags, painel digital Active Info Display, bloqueio eletrônico do diferencial, Park Assist 3.0 e iluminação da cabine em LED. Será vendido nas versões Comfortline, R-Line e Highline, com preços que devem variar de R$ 85 mil a R$ 115 mil.

FORD ECOSPORT O SUV compacto da marca do oval azul chegará no primeiro trimestre sem o estepe pendurado na traseira, mas somente na versão Titanium, com motor 1.5 (130cv/137cv) e câmbio automático de seis velocidades. O modelo usa a tecnologia Run Flat Tire, com pneus que podem rodar vazios em velocidade de até 80km/h. As outras versões continuam com o penduricalho na traseira. A versão Titanium vem equipada com central multimídia SYNC 3 com tela de oito polegadas, sensores de ponto cego e de chuva, partida sem chave, teto solar elétrico, faróis de xenônio, bancos revestidos em couro e rodas de liga leve de 17 polegadas.

CHERY TIGGO 7 Em janeiro, a Caoa Chery começa a produzir em Anápolis (GO) o Tiggo 7, que terá vendas iniciadas em fevereiro. O modelo será vendido em duas versões, equipadas com motor 1.5 turbo flex de 147cv (g)/150cv (e) e câmbio automatizado de dupla embreagem de seis velocidades. Com 4,50m de comprimento, o SUV tem porta-malas de 414.

JEEP WRANGLER O modelo tem chegada confirmada para o primeiro semestre e será vendido nas versões Unlimited e Rubicon. Trata-se da nova geração do Wrangler, que terá carroceria de duas e quatro portas, ambas equipadas com motor 2.0 turbo, com injeção direta de gasolina, de 272cv. O câmbio é o moderno automático de oito marchas, e o modelo conta ainda com tração 4×4 e reduzida. Outra novidade do Wrangler é o sistema Uconnect de quarta geração.

PEUGEOT 2008 O SUV compacto da marca francesa chegará reestilizado ainda no primeiro semestre. A principal novidade será o motor 1.6 THP associado ao câmbio automático de seis velocidades. Mas o motor 1.6 FlexStart continuará sendo oferecido. O modelo terá as suspensões recalibradas. No visual, as mudanças mais significativas estão na frente, com grade maior e capô mais curto. As rodas serão de 17 polegadas.

SUZUKI JIMNY SIERRA O modelo será vendido nas versões 4You Allgrip Pro e 4Style Allgrip Pro. Ele tem 3,64m de comprimento, 1,64m de largura, 1,72m de altura e 2,25m de distância entre-eixos. O motor é um0 1.5 16V de 108cv. O câmbio pode ser manual de cinco velocidades ou automático de quatro velocidades.

HYUNDAI SANTA FE A nova geração do SUV de sete lugares será lançada no primeiro trimestre, em versão única, com motor 3.5 litros V6 de 280 cv, tração integral e câmbio automático de oito velocidades. Será equipado com painel de instrumentos SuperVison de 7 polegadas, Paddle Shift para mudança de marchas, ar-condicionado eletrônico, sensor de prevenção de colisão frontal, sensor de colisão traseiro, assistente de manutenção de faixa, detector de ponto cego, auxílio de saída em aclive, controle de velocidade em descidas e controle do freio em curvas.




MERCEDES-BENZ CLASSE X (foto) A picape média da marca alemã é produzida sobre a mesma plataforma da Nissan Frontier e da Renault Alaskan, mas tem desenho bem mais moderno. Terá motores 2.3 biturbo e 3.0 V6 turbo de 258cv. O modelo deverá ser lançado no primeiro trimestre de 2019, com preços a partir de R$ 180 mil.

FIAT STRADA No segmento de picapes compactas a expectativa é pela chegada da nova geração da Fiat Strada. O modelo terá semelhanças com o Argo na dianteira e contará com a opção de cabine dupla de quatro portas. Será lançada no fim de 2019 já como modelo 2020. O motor provável é o Firefly 1.3 de até 109cv.

VOLKSWAGEN TAROK Outra picape muito esperada é a intermediária VW Tarok, que deverá ser lançada no último trimestre de 2019 para concorrer com a Fiat Toro e a Renault Oroch. O modelo tem estilo imponente e moderno, com LEDs se estendendo dos faróis à grade. A Tarok tem capacidade para rebocar até 1 tonelada e a caçamba pode ser ampliada com o rebatimento do banco traseiro e uma abertura. Os motores podem ser o 1.4 TSI de 150cv e um novo 2.0 TSI de 190cv. Terá também tração integral.




RENAULT ALASKAN (foto) A picape média da Renault terá motor 2.5 turbodiesel com potências de 160cv e 190cv, o mesmo da Nissan Frontier. Seu estilo não é dos mais modernos e a frente lembra outros modelos da marca. A previsão é de que seja lançada no primeiro trimestre de 2019.

JAC T6 O grupo SHC, representante da JAC no Brasil, deve iniciar a importação da picape T6 no segundo semestre de 2019. Com 5,31m de comprimento e 3,09m de distância entre-eixos, poderá ser equipada com motor 2.8 litris turbodiesel de apenas 115cv e 25,5kgfm de torque. A marca já está em crise no país e uma picape com essa motorização não ajudaria muito a melhorar a situação.

FORD RANGER STORM Versão foi apresentada como conceito no Salão do Automóvel de São Paulo, mas chegará ao mercado brasileiro no fim de 2019. É equipada com motor 3.2 litros a diesel de 200cv e câmbio automático de seis velocidades. Terá ampla lista de equipamentos, que inclui controles de tração e estabilidade, multimídia Sync e sete airbags.


Publicidade