Publicidade

Estado de Minas

A velhice pesa menos na segunda temporada de 'O Método Kominsky'

Novos episódios prometem dias mais felizes para os amigos Sandy (Michael Douglas) e Norman (Alan Arkin), promete o roteirista Chuck Lorre. Estreia será no dia 25, na Netflix


postado em 20/10/2019 04:00 / atualizado em 18/10/2019 18:48

Michael Douglas e Alan Arkin, a dupla de craques da série O Método Kominsky (foto: Netflix/divulgação)
Michael Douglas e Alan Arkin, a dupla de craques da série O Método Kominsky (foto: Netflix/divulgação)
O sarcástico e genioso Sandy Kominsky estará de volta às telinhas a partir de 25 de outubro, na segunda temporada de O Método Kominsky (Netflix). Michael Douglas dá vida ao renomado ator e, agora, professor de drama – ou coach, como está na moda. 

Sua rotina se divide entre as aulas, as brigas com a filha Mindy (Sarah Baker), o relacionamento amoroso com Lisa (Nancy Travis) e as peripécias ao lado do melhor amigo, o agente Norman Newlander, interpretado pelo impecável Alan Arkin, que ganhou o Oscar de ator coadjuvante em 2007 por seu trabalho como o vovô do filme Pequena Miss Sunshine.

O grande segredo da série está na química entre Douglas e Arkin. E também no timing correto do roteiro melodramático. Não foi à toa que O Método Kominsky levou o Globo de Ouro deste ano nas categorias série de comédia e ator em série de comédia (dado a Douglas).

Nos oito novos episódios, além de tentar sobreviver na Los Angeles dos jovens sarados, a dupla de veteranos do show business tem de lidar com situações complexas e inusitadas. É o caso do namorado de Mindy, praticamente contemporâneo de Sandy. Norman vai reencontrar uma antiga paixão, Madelyn (Jane Seymour), de quem se separou há cinquenta anos, e resolve tentar uma segunda chance ao amor.

“A série trata de como envelhecer e do que ocorre com as relações de quem está se tornando mais velho: como o corpo reage, problemas de saúde que vêm com a idade, a perda dos entes queridos e como a percepção das coisas se modifica com a velhice”, afirmou Chuck Lorre, criador, roteirista e produtor executivo da série, ao site americano Deadline.

Os novos episódios trazem mais esperança para Sandy e Norman, fugindo um pouco das agruras de envelhecer nesta sociedade que tanto preza a juventude, promete Chuck Lorre.  


Publicidade