Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Uai, é bão demais sô!!!!

Apresentador e jornalista Otávio di Toledo diz que o programa Viação Cipó 'fala' a língua dos mineiros, além de contribuir para o resgate, a divulgação e a valorização do estado


postado em 25/11/2018 05:06

Ao longo destes 15 anos, Otávio di Toledo e sua equipe desbravaram sertões e revelaram personagens mineiros (foto: Leandro Couri/EM/D.A PresS)
Ao longo destes 15 anos, Otávio di Toledo e sua equipe desbravaram sertões e revelaram personagens mineiros (foto: Leandro Couri/EM/D.A PresS)
”Nós temos essa ligação com as tradições, a cultura, a gastronomia e é disso que é feito o nosso programa. Falamos a linguagem do mineiro e fazemos tudo com muito amor “

“É um programa de mineiros para os mineiros. Cumprimos uma missão toda semana e acredito que estamos fazendo bem-feito’

“Conhecemos pessoas por essas Minas Gerais. Gente simples, como o seu João, vaqueiro do Jequitinhonha, a dona Mariana, senhora que apaga a luz da praça principal de um lugarejo”


Em 30 de novembro de 2003, foi ao ar um programa que literalmente botou o pé na estrada e percorreu as Gerais de norte a sul; de leste a oeste. Idealizado pelo produtor Carlos Ribas – hoje diretor da atração – e o então diretor de imagens da TV Alterosa, Leandro Neves, o Viação Cipó nasceu como revista eletrônica de variedades dinâmica e tendo como base o turismo, a ecologia, a culinária e a cultura do estado. O programa – uma coprodução com a CISUP Ltda (Companhia de Imagens e Sons) – está completando 15 anos sem perder a sua essência: a valorização e o amor por Minas e pelos mineiros. As ilustrações da abertura do programa são do chargista Quinho.

“Quando o Ribas me apresentou essa proposta, fiquei superentusiasmado. Sempre gostei muito de viajar. Quando tinha uns 18 anos, saía por aí rodando em um Fusquinha. Sem contar que, além de ser jornalista, tenho pós-graduação em história. É um assunto que sempre me interessou. Juntou a fome com a vontade de comer”, celebra o apresentador Otávio di Toledo.

O nome da atração veio da música Viação Cipó, dos compositores de Uberaba Luiz Neto e Luiz Nelson. “Ela tem o mesmo espírito de uma canção muito importante da música mineira, que é Manoel, o audaz, de Fernando Brant e Toninho Horta, sobre um jipe. Tanto que convidamos o Toninho para gravar a composição Viação Cipó, que virou o nosso tema e desbravamos os sertões com o nosso carro também”, explica Carlos Ribas.

Ao longo desse tempo, a atração – que é exibida ininterruptamente todos os domingos de manhã na TV Alterosa – descortinou e revelou personagens, lugares, e principalmente, resgatou e divulgou a cultura mineira. Muitas cidades e distritos ficaram conhecidos depois que apareceram no Viação, como Lavras Novas, Santana dos Montes e, mais recentemente, Santana do Garambéu, próximo a Barbacena.

CURIOSIDADES E mais uma curiosidade: dezenas de cachoeiras foram batizadas com o nome do programa. “Sem contar as pessoas que conhecemos por essas Minas Gerais. Gente simples, como o seu João, vaqueiro do Jequitinhonha, a dona Mariana, senhora que apaga a luz da praça principal de um lugarejo. Mineiros que nos receberam de braços abertos e se sentem gratos pelo fato de o Viação ter mostrado e enaltecido tanta coisa”, acredita Toledo.

E os roteiros destes 726 episódios não mostraram apenas as riquezas e as belezas mineiras. Amazônia, Bahia, Espirito Santos e até Argentina entraram no circuito. “Mas a gente sempre procura ver qual a conexão desses lugares com o nosso estado. Na Argentina, descobrimos que um dos principais rios dele, o Rio da Prata, nasce aqui em Minas. Num programa recente na Chapada Diamantina (BA), descobrimos que quem explorou inicialmente essa região foram garimpeiros daqui”, revela o apresentador.

Já o programa de hoje vai mostrar o trabalho de uma associação criada pelo italiano Marco Roberto Bertoli, radicado em Barbacena, que cuida de crianças carentes.

NA TELINHA

15 anos

726 programas

855 lugares visitados

VIAÇÃO CIPÓ
Domingo, às 10h
Reprises: sábado, às 8h30
TV Alterosa


Publicidade