Publicidade

Estado de Minas GUIA À MINEIRA

Da Piedade ao Caraça, viagem em 244 páginas

Livro percorre o Entre Serras, circuito que passa por quatro cidades, conjugando roteiro religioso, paisagístico, cultural e ambiental e gastronomia


26/10/2021 04:00 - atualizado 26/10/2021 00:49

Os brasileiros começam a sair de casa, redescobrir a terra natal, conhecer outras cidades, e, principalmente, viajar pelas estradas tricentenárias de Minas Gerais. Um ótimo guia para o passeio está no recém-lançado livro “Entre Serras – Piedade ao Caraça”, de autoria de Vani Pedrosa e participação do padre Lauro Palu, ex-diretor-geral do Santuário do Caraça, sob a coordenação editorial de Robson Soares. Em 244 páginas, edição bilíngue (português e inglês), amplo material fotográfico e ilustrações, a obra “caminha” pela região, que compreende os municípios de Caeté, Barão de Cocais, Santa Bárbara e Catas Altas.

O percurso pode ser feito de carro e, para dar mais charme, pela ferrovia que liga Minas ao Espírito Santo. Então, em um dia, dá para pegar o trem na Praça da Estação, em Belo Horizonte, descer na Estação Dois Irmãos, em Barão de Cocais, e provar das delícias à mesa do Santuário do Caraça, pertencente à Província Brasileira da Congregação da Missão.

Vale destacar que Entre Serras é o nome do circuito turístico, religioso, paisagístico, cultural e ambiental criado há oito anos e elo natural entre a Serra da Piedade, em Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e o Santuário do Caraça, com terras distribuídas entre Santa Bárbara e Catas Altas, na Região Central. No topo da Serra da Piedade, fica a “menor basílica do mundo”, do século 18, vinculada à Arquidiocese de Belo Horizonte, com a imagem da padroeira de Minas, Nossa Senhora da Piedade, obra de Antonio Francisco Lisboa, o Aleijadinho (1738-1814). A cada passo, o viajante se depara com um monumento erguido na época do Ciclo do Ouro e marcos da Estrada Real, tendo diante dos olhos a deslumbrante vastidão formada por montanhas, casario, rios, pontes e outras construções surgidas no período colonial.

“Assumir a escrita deste livro foi realmente algo excepcional. Primeiramente, pelo conteúdo da própria escrita: escrever sobre um lugar tão ímpar, que reúne, além de seus riquíssimos aspectos físicos, um conjunto das mais complexas e significativas histórias, vivências e maravilhas das Minas Gerais”, registra Vani Pedrosa, pesquisadora e especialista em gastronomia, de forma especial das tradições mineiras.

Se sempre foi um dos destinos preferidos pelos viajantes, Minas, neste período de pandemia e com a vacinação contra a COVID-19 bem avançada, tem o fluxo turístico aumentado. Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) mostram movimentação superior a 6 milhões de pessoas, superando o período anterior à pandemia.

FRUTOS CULTURAIS Com projeto de Elaine Machado Produções Culturais, o livro teve lançamento no Caraça e outros virão, ainda sem data, em cada cidade enfocada. Há muitos frutos culturais a serem colhidos na temporada. Está programada exposição itinerante de fotos feitas nas comunidades, enfocando paisagens, ecoturismo, gastronomia e história. Segundo os coordenadores da iniciativa, o material ficará disponível nas secretarias de Cultura dos quatro municípios.

Outra ação do projeto inclui “tour” fotográfico na região, envolvendo estudantes de quatro escolas públicas com previsão de oficinas nessas unidades de ensino e passeio como trabalho de campo. Juntando diversão e conhecimentos, os alunos vão registrar, em fotos, tudo o que aprenderam, fazendo, na sequência, exposição dos trabalhos. Cada escola receberá um kit com material didático (cartilha, jogo de dominó, jogo da memória e quebra-cabeça) e fotos da publicação. Com distribuição gratuita para escolas, bibliotecas e outros setores municipais, o livro terá futuramente uma edição on-line.

MARCOS HISTÓRICOS Acidentes geográficos, valioso patrimônio, igrejas e capelas barrocas, culinária de dar água na boca. Vani explica que nesse circuito há uma riqueza gastronômica e tesouros que ficaram de outras épocas e valem sempre a pena descobrir. E cita o queijo do Frei Rosário, religioso que viveu e trabalhou durante décadas no Santuário Nossa Senhora da Piedade, na Serra da Piedade, o queijão de Caeté, o queijo minas artesanal de Santa Bárbara, o hidromel do Caraça, o pudim de gabinete de Catas Altas, as farinhas antigas de Barão de Cocais e muitos outros sabores e delícias.

Mineira de Belo Horizonte, Vani lembra um velho ditado para resumir sua empreitada: “Só é possível conhecer verdadeiramente um lugar ao visitar o seu ponto mais alto, conversar com seu morador mais idoso, experimentar sua comida mais emblemática”. A partir da frase, ela concluiu que isso é verdade, embora reconheça os desafios de seguir os passos da afirmação.

“Minas Gerais me leva a pensar assim. Afinal, são centenas de serras para conhecer os pontos mais altos, com saberes centenários guardados na simplicidade e encontrados com os moradores dos lugarejos, das cidades, dos campos. Por isso, conhecer nosso estado com profundidade se torna um desafio quase inatingível até para o mais entusiasta dos mineiros”, revela.

Mas se uma boa viagem está no caminho, e não no princípio e no fim, como dizem os sábios, a “lanterna” pode estar nas orientações de quem tem experiência. E, dessa forma, Vani convida o leitor para fazer a leitura, que, palavra por palavra, pode significar também um passo a passo pelas extensas Minas Gerais.


JOIAS DO CAMINHO

O roteiro Entre Serras vai da Serra da Piedade, em Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, à Serra do Caraça, onde fica o Santuário do Caraça, com terras distribuídas entre Santa Bárbara e Catas Altas, na Região Central. Também se destaca no roteiro o histórico município de Barão de Cocais.

1) Caeté

– Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade – Padroeira de Minas, no topo da Serra da Piedade.


Matriz Nossa Senhora do Bom Sucesso, do século 18,
Matriz Nossa Senhora do Bom Sucesso, do século 18,


– Matriz Nossa Senhora do Bom Sucesso, do século 18, no Centro da cidade.

– Distrito de Morro Vermelho, marco na Guerra dos Emboabas (1707-1709), localizado a 12 quilômetros do Centro da cidade.

Dica gastronômica: queijão

2)Santa Bárbara

– Matriz de Santo Antônio, iniciada em 1713 e localizada no Centro da cidade.

– Memorial Afonso Pena, imponente casarão com a história do sexto presidente do Brasil, Afonso Augusto Moreira Pena (1847-1909).

Distrito de Brumal, com casario antigo e onde ocorre cavalhada
Distrito de Brumal, com casario antigo e onde ocorre cavalhada

– Distrito de Brumal, com casario antigo e onde ocorre cavalhada (foto) e Matriz Santo Amaro (1727), em restauração.

Dica gastronômica: Mel no favo do Sumidouro e Queijo Artesanal Minas

3) Catas Altas

– Santuário do Caraça, da Província Brasileira da Congregação da Missão e com hospedagem nos fins de semana.

Bicame de pedras, de 1792
Bicame de pedras, de 1792


– Bicame de pedras, de 1792, considerado uma das 21 Maravilhas da Estrada Real

– Matriz Nossa Senhora da Conceição, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde 1937

Dica gastronômica: produtos feitos no Caraça (vinhos, hidromel, doces e queijo)

4) Barão de Cocais

Matriz São João Batista
Matriz São João Batista (foto: Fotos: Gustavo Djalma/Divulgação)


– Matriz São João Batista, obra de Antonio Francisco Lisboa, o Aleijadinho (1738-1814).

– Vila Colonial de Cocais, com o sítio arqueológico da Pedra Pintada.

– Ruínas das Mina do Gongo Soco, destaque na produção aurífera.

Dica gastronômica: quitandas variadas

Observação: pontos de relevância dos quatro municípios podem estar fechados ou com restrições devido à pandemia. O mais indicado é verificar antes com agentes de viagem ou nas prefeituras.

((((((((((((((SERVIÇO)))))))))))

– Santuário do Caraça: as reservas, principalmente para grupos de visitantes, devem ser feitas no site www.santuariodocaraca.com.br ou enviando email para centraldereservas@santuariodocaraca.com.br. O telefone é (031) 3942-1656 ou 98978-3180.




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade