Publicidade

Estado de Minas Retomada

Lavras Novas te espera para um refúgio aconchegante entre as montanhas de Minas

Famoso distrito de Ouro Preto reabriu belezas naturais cercadas pelas montanhas com regras de prevenção contra o coronavírus, válidas também nas cachoeiras e nos passeios 4x4


27/10/2020 04:00 - atualizado 27/10/2020 08:59

Para quem quer fugir das aglomerações, Lavras Novas parece ter sido esquecida no tempo(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Para quem quer fugir das aglomerações, Lavras Novas parece ter sido esquecida no tempo (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)


Sossego e prazer em contato com a natureza é um bom resumo do que o turista encontra em Lavras Novas, famoso distrito da cidade histórica de Ouro Preto, localizado a cerca de 120 quilômetros de Belo Horizonte. Escondido entre as montanhas da Região Central de Minas, esse refúgio, que faz parte do chamado Circuito do Ouro, é conhecido pela sua capacidade de acolhimento e o ar bucólico. Há atrações, inclusive, para quem quer se isolar, como os passeios por trilhas com vista para os vales locais.

Os amantes dos esportes de aventura têm vários opções, a exemplo da tirolesa, trekking, off-road, expedições, rapel, caiaque, escalada, em contato com cachoeiras e mirantes aprazíveis. Para chegar até o distrito histórico, o turista pode escolher a viagem por ônibus, vans ou carro, sendo que este último ganha força diante da pandemia de COVID-19 e a necessidade de distanciamento social.

O melhor trajeto compreende partida de Belo Horizonte, passando pela BR-356, em direção a Ouro Preto, onde, já no trevo de entrada, segue-se à direita, pela MG-129, no sentido Ouro Branco. Daquele ponto a Lavras Novas, basta seguir 17 quilômetros. Justamente pelo fato de o distrito ter o ecoturismo como um dos principais atrativos, parte do caminho é por estrada de terra.
Cachoeira dos Namorados, um dos principais destinos turísticos do distrito(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Cachoeira dos Namorados, um dos principais destinos turísticos do distrito (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)


Portanto, apesar de contar com boa sinalização, o turista deve ficar atento. A dica é se aproveitar do caminho a ser percorrido até que o destino, de fato, seja avistado. Parcela da rota que liga Ouro Preto a Ouro Branco  é tomada pela histórica e turística Estrada Real.

Lavras Novas oferece diversas pousadas com estilos que variam do luxo à simplicidade e à predominância de uma estrutura aconchegante. Há também a alternativa de alugar pouso nas casas dos moradores. Alguns deles  alugam quartos em casa, o que será possível somente com uma boa conversa no momento do desembarque nas ruas repletas de moradias coloridas.

Ainda no quesito acomodação, é preciso que o turista avalie dois aspectos referentes à localização. Quando a preferência for caminhar menos tempo para fazer os passeios e conhecer pontos turísticos, a melhor escolha é a hospedagem na avenida principal do distrito, que abriga a conhecida Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres.

Se o turista prefere dispor de carro e optar por locais de hospedagem como a famosa Pousada Carumbé, uma das mais conhecidas de Lavras Novas, deve saber que de lá até a igreja Matriz são cerca de 2 quilômetros e a disponibilidade dos veículos colabora e muito para chegar até os locais de turismo e pontos de passeio.

Quanto ao clima local, fique despreocupado. Embora em tempos de chuva os passeios 4x4, típicos da região em função do ecoturismo, não sejam realizados, a temperatura em Lavras Novas costuma ser amena. No verão, os dias são quentes e úmidos, com chuvas ao cair da noite, deixando a cidade mais fresca. Durante o inverno, o frio é propício para fazer passeios, sem temperaturas extremas, para curtir a neblina que encobre a cidade e se deliciar em um circuito gastronômico proporcionado por cafés, restaurantes e bistrôs.


Atrações

Na viagem por Lavras Novas, existem alguns pontos bem típicos do local. Se o destino escolhido for o distrito de Ouro Preto, há alguns lugares que o turista não deve deixar de conhecer e alguns passeios já estruturados. É quase como dizer “se não foi ali, não foi em Lavras Novas”. São eles: Pedra do Equilíbrio, Cachoeira dos Namorados, Represa do Custódio, Vilarejo da Chapada, fazer trilhas e, claro, andar de carros de tração 4x4.

Para traçar um bom roteiro, comece desbravando o distrito, observando as ruas de casas coloridas e a Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres. Além disso, a natureza é fiel companheira na visita ao distrito. Entre os pontos turísticos que marcam a beleza natural do distrito está a Pedra do Equilíbrio, localizada em um trecho de terra ainda na entrada de Lavras Novas. Para chegar até ela, é preciso andar ao menos um quilômetro, única forma de acesso ao atrativo.

Não deixe de visitar as cachoeiras, onde um banho nas águas geladas pode ser revigorante. Portanto, reserve espaço em seu roteiro turístico para conhecer as cachoeiras dos Namorados, dos Três pingos, dos Prazeres, dos Pocinhos, do Rapel e do Falcão. Porém, algumas delas podem ser de difícil acesso, sendo, então, recomendado buscar os serviços de um guia para acompanhamento e auxílio.
Há também a Represa do Custódio. Devido ao difícil acesso, a trilha até o local deve ser feita em um carro com tração 4x4. Grande parte dos passeios pode ser feita pelas trilhas em um 4x4, ao custo variando de R$ 180 a R$ 280, sem contar as taxas adicionais para entrada em parques, como é o caso do Parque Estadual do Itacolomi, outro ponto turístico imperdível de Lavras Novas.

Para isso, existem três empresas que prestam o serviço no distrito – a Quadricross, a Nefelibatas e a Ecoaventura. Por fim, o que não pode faltar no roteiro? Os conhecidos Mirante da Pedra e Mirante da Rua da Fonte, ambos de fácil acesso. O primeiro deles exige uma caminhada de um quilômetro após o carro ser deixado na Avenida Nossa Senhora dos Prazeres. Já o da Rua da Fonte requer caminhada de 300 metros. Depois, é só apreciar a paisagem.


Protocolo

O turismo foi reaberto em Lavras Novas, assim como Ouro Preto, cidade à qual o distrito pertence, tendo em vista que os dois locais integram região classificada na chamada onda verde do programa estadual Minas Consciente, conjunto de normas de flexibilização da quarentena para reabertura do comércio e do setor de prestação de serviços. Nessa etapa do plano, há maior flexibilidade para atividades não essenciais, incluindo o turismo, com protocolos de saúde e medidas de segurança.

O proprietário do Armazém Coisas de Minas, Fernando Rocha, conta que houve aumento expressivo no número de turistas nas últimas semanas, principalmente nos feriados. “Tudo está em pleno funcionamento, desde o comércio até as estadas e passeios na região. Porém, todos os cuidados são tomados, há recomendações e restrições. Nos estabelecimentos, por exemplo, só se entra com máscara”, destaca.

*Estagiária sob supervisão da subeditora Marta Vieira

OPÇÕES
Contatos de alguns dos estabelecimentos dedicados ao turismo em Lavras Novas

» Pousada Carumbé: (31) 3554-2105
» Pousada Kokopelli: 
   (31) 99961-1331
» Pousada Solar dos Anjos: 
   (31) 98566-7623
» Pousada Monttana: 
(31) 99996-5530
» Pousada Serra do Luar: 
(31) 3554-2021
» Passeio 4x4:
Quadricoss (31) 98864-2157; Nefelibatas (31) 98701-4495; Ecoaventura (31) 98729-8025


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade