Publicidade

Estado de Minas

Conheça (bem) o destino

Nova iniciativa auxilia turistas e garante mais segurança em viagens nas férias de verão


postado em 14/01/2020 04:00

Antes de visitar qualquer ilha, como Ilhabela, em São Paulo, confira se o local dispõe de unidades para emergências médicas e transportes 24 horas até o continente(foto: Carlos Altman/EM/D.A Press)
Antes de visitar qualquer ilha, como Ilhabela, em São Paulo, confira se o local dispõe de unidades para emergências médicas e transportes 24 horas até o continente (foto: Carlos Altman/EM/D.A Press)

 
 
Com o objetivo de reduzir os riscos do turista, foi lançada em 20 de dezembro de 2019 uma nova plataforma digital chamada Turismo Seguro (www.turismoseguro.org). Ela oferece informações detalhadas e gratuitas sobre os principais destinos do país, além de orientações gerais sobre segurança.
 
Conheça abaixo seis dicas para uma viagem mais segura, segundo Inbal Blanc, fundador da plataforma Turismo Seguro e coautor do livro Gestão de qualidade e de crises em destinos turísticos, publicado em 18 de julho de 2018 pela editora Senac, em conjunto com Otavio Novo. Vamos às dicas:

Estude o seu destino antes de viajar. Existem valiosas informações disponíveis na internet, seja na plataforma Turismo Seguro ou em sites de avaliação de destinos turísticos, como Trip Advisor, por exemplo.

Planeje bem o seu deslocamento entre praias ou regiões turísticas, veja onde não é recomendável alugar ou passear de carro.

No aeroporto e no hotel, cuide bem da sua bagagem. Mantenha suas malas sempre na sua frente e próximas ao corpo. Nesse período do ano, existem quadrilhas especializadas em furtos de bagagens atuando em aeroportos, rodoviárias e hotéis.

Verifique se o seu plano de saúde oferece cobertura no destino de sua viagem e qual o local de atendimento mais próximo à sua hospedagem. É sempre importante conhecer a localização e distância do hospital mais próximo. Caso o seu plano não ofereça cobertura ou você deseje reforçar a cobertura, recomendamos que faça um seguro de viagem nacional. Ele é relativamente barato e poderá ajudar em diferentes casos.

Ao visitar praias, parques naturais ou trilhas, informe-se no hotel sobre as restrições e os riscos específicos de seu local de visita. Geralmente, os habitantes e funcionários locais conhecem muito bem os horários a serem evitados. Evite ir sozinho, prefira fazer visitas em grupo.

Antes de fechar qualquer passeio, veja se o fornecedor está cadastrado no Cadastur , o cadastro de fornecedores do turismo. Essa prática diminui o risco de contratação de fornecedores clandestinos.

Procure garantir uma viagem livre de problemas fazendo uma preparação básica para visitar o destino, além de tomar os cuidados que já estamos acostumados no dia a dia das grandes cidades.


Sobre a nova plataforma de turismo seguro no Brasil, Otávio Novo, especialista em gestão de riscos e crises e coautor do livro Gestão de qualidade e de crises em destinos turísticos, destaca: "Temos muito a crescer como destino turístico no Brasil e queremos muito alcançar esse crescimento.
 
Sabemos que a segurança é um tema estratégico para alcançar esse potencial. Para dar esse passo adiante, cada um de nós deve fazer a sua parte. Seja você um profissional ou organização de turismo, turista ou cliente, as informações disponíveis na plataforma Turismo Seguro possibilitam prevenção através de adequações simples na forma de agir, e necessárias para que os destinos turísticos do Brasil se tornem escolha frequente, para os viajantes brasileiros e estrangeiros".

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade