Publicidade

Estado de Minas

Trekking na Mantiqueira

Monte Verde, distrito da cidade mineira de Camanducaia, é destino certo para quem gosta de aventuras. Conheça as principais trilhas do vilarejo


postado em 17/09/2019 04:00 / atualizado em 13/09/2019 11:32

Vista do topo do Pico Selado, em Monte Verde, considerada a trilha mais bonita da região (foto: AHPMV/Divulgação)
Vista do topo do Pico Selado, em Monte Verde, considerada a trilha mais bonita da região (foto: AHPMV/Divulgação)

 
 
O distrito de Monte Verde, em Camanducaia, é considerado a "Suíça Mineira" por sua semelhança com a cidade europeia. Sem dúvidas, é um dos melhores pontos turísticos para quem busca uma dose de romantismo e contato com a natureza. Para quem tem coragem, Monte Verde é o destino certo, já que o vilarejo oferece possibilidades de se aventurar em diversas trilhas, de vários níveis, pela Serra da Mantiqueira.
 
Para a maioria das trilhas é necessário ir de carro pela Avenida das Montanhas, no Centro (são aproximadamente 3,5 quilômetros de estrada, em sua maior parte de terra). Ao fim do trajeto, há um estacionamento – custo de R$ 10 – e um centro de informações e ponto para comprar água/sucos. Para a maior parte das trilhas não precisa ter acompanhamento de um guia, já que elas são sinalizadas, mas há diversas empresas em Monte Verde que oferecem passeios guiados. Confira abaixo as principais trilhas da região, de acordo com o Hotel Saint Michel:

l Trilha do Pinheiro Velho

É a de acesso mais fácil. O caminho tem cinco pontos de partida espalhados pelo Centro do distrito e o principal deles fica bem em frente à fábrica de chocolates Gressoney. De lá até o pinheiro são pouco mais de 200 metros de caminhada. Ao final da trilha está o Pinheiro Velho, uma araucária de cerca de 500 anos e aproximadamente 1,70m de diâmetro.

Chapéu do Bispo

Um pouco antes do Portal, há uma entradinha sinalizada com placas que indicam o caminho para o Chapéu do Bispo (o ponto final é uma pedra que lembra um chapéu de bispo). O caminho tem cerca de 700 metros e pode ser percorrido tranquilamente em uma hora. A trilha é de nível fácil, mas para subir no topo da pedra é preciso força e habilidade.

Platô

Depois do Chapéu do Bispo está o Platô, uma grande rocha plana de onde se tem uma vista linda de toda a região e é possível ver a cidade de São José dos Campos. Para quem quer uma rota alternativa e mais aventureira, pode-se chegar ao Platô por uma trilha que tem início no final da Rua das Mantiqueiras.

Pedra Redonda

Talvez a trilha mais famosa de Monte Verde, todo o percurso tem cerca de um quilômetro e pode ser feito em 1h30min. A vista panorâmica do alto da pedra é uma cena de tirar o fôlego, principalmente no nascer do Sol ou ao entardecer.

Pedra Partida

Um pouco mais difícil e cansativa que as outras. O desvio para a Pedra Partida fica no meio da trilha da Pedra Redonda e é sinalizado, assim como todo o restante do percurso. O caminho de ida e volta até a Pedra Partida tem aproximadamente 1,6 quilômetro e demora em torno de três horas. O horizonte compensa qualquer dificuldade.

Pico do Selado 

Quem fez garante que essa é a melhor e mais bonita trilha de Monte Verde. Considerada de nível difícil, a trilha tem cerca de quatro quilômetros, dura em média de quatro a cinco horas. O caminho até o Pico do Selado não exige muita técnica, mas o que dificulta são as subidas.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade