Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Na beira do fogão a lenha


postado em 23/04/2019 06:32

A culinária típica mineira, goiana e baiana oferece uma experiência gastronômica inesquecível(foto: Trijunção/divulgação)
A culinária típica mineira, goiana e baiana oferece uma experiência gastronômica inesquecível (foto: Trijunção/divulgação)


É do ritmo aventureiro e dos expedicionários a necessidade de acordar de madrugada para render as atividades diurnas, aproveitando deslocamentos e acampamentos sob a luz do dia e evitando a incerteza da escuridão da noite. Mas isso foi suprimido pela Pousada Trijunção. A ideia é que o conforto esteja sempre integrado às experiências dos hóspedes. Assim sendo, enquanto uma turma acorda cedo e se lança ao cerrado, os outros hóspedes podem dormir um pouco mais. Aliás, o café da manhã é servido o dia inteiro, permitindo a quem assim desejar se manter por mais tempo se aventurando nos desafios e obstáculos dos seus sonhos.

O café é uma das refeições servidas no restaurante, um local isolado por vidros e que também remonta o clima sertanejo, mas com requinte. No centro, um fogão a lenha é a mesa para se servir de pratos de frutas da região, pães e doces compostos também de receitas com elementos regionais. Os sucos naturais também revigoram, bem como o café, que traz aquele gosto de acampamento sertanejo.

A gastronomia da pousada segue dois contextos bem definidos e típicos dos pousos do sertão. A cozinha de dentro e a cozinha de fora. Na parte da cozinha de dentro se preza a intimidade das casas que recebiam os viajantes e ofereciam aquilo que era produzido nas fazendas. Assim ocorre também na Trijunção, que cria animais silvestres e bois para abate e os oferta em pratos criativos, com elementos também de cozinhas europeias. Com isso, a experiência de se alimentar com requinte é ampliada pela experiência de saborear o que oferecem a culinária típica mineira, goiana e baiana.

Talvez um dos momentos de descontração mais esperados ocorra na cozinha de fora, quando se passa o dia inteiro sentindo o cheiro de churrasco de boi sendo feito com fogo de chão. Uma banda inteira de boi só termina de cozinhar nesse processo, no meio do terreiro, quando a noite chega. Melhor que isso é a grande mesa armada sob o luar e as estrelas, a prosa da gente que trabalha na pousada e vive na região. Tudo isso ouvindo música ao vivo de artistas regionais e suas violas.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade