Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Destinos nacionais

Escolha sua viagem entre praias, montanhas, cachoeiras, parques e diversão junto à natureza


postado em 26/03/2019 05:08

(foto: Monique Renne/CB/D.A Press )
(foto: Monique Renne/CB/D.A Press )

Pantanal
(De abril a setembro)

Os períodos de chuva e seca mudam completamente a paisagem pantaneira. Porém, se o objetivo do visitante é conhecer a fauna e a flora do local, observar pássaros, ter uma temperatura mais amena e noites mais estreladas, o melhor período para conhecer a região é de abril até setembro, quando as águas começam a baixar, aumentando a visibilidade dos animais e da vegetação local.

 

Bonito-MS
(De março a junho)

Os descontos chegam a até 30%. A observação da fauna marinha com snorkel no Rio da Prata, incluindo o almoço, custa R$ 184 por pessoa. Já na alta temporada, o mesmo passeio sai por R$ 254. Apesar de ser um período chuvoso, alguns passeios em balneários ou grutas podem ser prejudicados.


Parque Estadual do Jalapão-TO
(De maio a setembro )

É o período de seca no Tocantins, o que melhora o acesso ao parque e aos atrativos. O roteiro, que sai de Palmas e passa pelas cidades de Ponte Alta e Mateiros, costuma durar de três a cinco dias. Os principais atrativos são o Fervedouro, um poço de água cristalina onde os banhistas não afundam, as dunas e a cachoeira da Formiga. Porém os preços dos pacotes turísticos não costumam variar muito em relação à alta temporada.

Foz do Iguaçu-PR
(De março a junho)

Os preços das diárias são até 40% mais baratos na baixa temporada, além de os principais atrativos serem menos concorridos, como a queda d’água das Cataratas do Iguaçu, a Trilha do Poço Preto e a visita na Ilha dos Papagaios, onde é possível admirar tanto o nascer quanto o pôr do sol.

Chapada dos
Veadeiros
(De abril e maio)

Com o término das chuvas, a vegetação do cerrado fica exuberante e as cachoeiras são mais seguras, com menos risco de trombas d’agua. Somente o município de Alto Paraíso tem mais de 120 cachoeiras catalogadas. O clima de misticismo e espiritualidade também é muito presente na região, onde se encontram pousadas aconchegantes, spas, espaços místicos e templos. É também um destino muito requisitado pelos amantes de esportes e atividades de aventura na natureza.

Canindé de São Francisco-SE
(De abril a junho)

O outono é uma estação excelente para quem visita a região por conta da tonalidade verde-esmeralda do Rio São Francisco. O período de chuvas rápidas ocorre no verão e entre os meses de maio a agosto. Entre os principais atrativos no município sergipano estão o passeio na Rota do Cangaço, que relembra a história de Lampião e Maria Bonita, a trilha que dá acesso à Gruta de Anjico, local onde Lampião foi morto, e mergulhos em praias fluviais.

Litoral nordestino
(De agosto a novembro)

Os pacotes mais procurados pelos mineiros são para Porto Seguro (BA), Maceió (AL), Porto de Galinhas (PE), Fortaleza (CE) e Natal (RN). Além do clima quente praticamente o ano todo, o preço é atraente: na baixa temporada, os pacotes de viagem ficam em média de 30% a 50% mais baratos do que na alta. Um resort em Ilhéus cobra R$ 2.370 por duas diárias na alta temporada. A mesma hospedagem custa R$ 659 na baixa.

Lençóis
Maranhenses
(De maio a setembro)

O maior campo de dunas do Brasil é também um dos destinos preferidos para quem gosta de turismo de aventura e contato com a natureza. Nesta época, as lagoas entre as dunas estão cheias após a estação chuvosa. Para conseguir descontos nessa época, a dica é planejar com pelo menos 60 dias de antecedência. O parque está inserido nos municípios de Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz.

Serra Gaúcha
(Abril e maio e de agosto a outubro)

A economia nessa época pode chegar a 40%. O movimento nas cidades é tranquilo e é possível conseguir descontos nos ingressos dos parques. Atrativos temáticos, como a Aldeia do Papai Noel e o Parque de Neve, funcionam diariamente ao longo do ano. Eventos na baixa temporada: Festa da Colônia, em Gramado (agosto); Semana do Bebê de Canela (maio); e Festa Nacional da Música de Gramado (outubro).

Litoral
catarinense
(De março a junho)

Uma das melhores estações para aproveitar as praias de Santa Catarina é agora no outono, com dias claros e ensolarados, temperatura amena, menos chuva e praias vazias em relação ao verão, além de preços baixos. Florianópolis, Balneário Camboriú e Laguna são as cidades preferidas dos turistas nessa época. Aos amantes de turismo de aventura, a Serra Catarinense é muito convidativa neste período.


Publicidade