Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Cuidados para não perder o voo de conexão

Fique atento ao horário que você dispõe para fazer o trajeto até o portão do voo de conexão


postado em 29/01/2019 05:02

Denomina-se voo com conexão os casos em que o passageiro deve desembarcar da aeronave em outra cidade e embarcar em outro avião rumo à cidade destino.


Nem sempre as viagens que incluem voos de conexão disponibilizam seus trajetos de forma pontual, sem acarretar problema ao passageiro. No caso do aeroporto internacional de Confins, por exemplo, caso a aeronave não decole no horário marcado, pode ocorrer a perda do voo de conexão e, muitas vezes, o extravio de sua mala, já que o passageiro não consegue reencontrá-la no final do seu trajeto, isto é, após a execução do segundo voo contratado.


Nos grandes aeroportos internacionais, é usual disponibilizar terminais de passageiros distintos para voos nacionais e internacionais. Há casos em que, em razão de longa distância entre os terminais, são fornecidas linhas de ônibus, trens especiais ou esteiras rolantes que conectam um terminal ao outro, de modo a facilitar o movimento de passageiros e funcionários.


Seguem algumas dicas para ajudar esses passageiros:


– Evite contratar o voo com conexão com horários próximos, pois o atraso do primeiro pode acarretar perda do segundo voo;
– Obtenha um mapa básico do aeroporto internacional em que deverá realizar a conexão, pois poderá auxiliá-lo na identificação da localização dos portões de chegada e saída e do percurso que você deve seguir para ir de um portão ao outro;


– Fique atento ao horário que você dispõe para fazer o trajeto até o portão do voo de conexão. Muitas vezes, a imigração ocorre no solo de conexão e você poderá enfrentar longas filas e outros percalços;


– Confira sua bagagem de mão e tire-a do avião com você. As equipes da companhia aérea que você contratou transferirão sua bagagem despachada de um avião para outro. A única situação na qual o passageiro precisará retirar seus itens na esteira será quando estiver em voo internacional e tiver chegado ao seu país de destino;


– Certifique se você recebeu o seu cartão de embarque para o seu voo de conexão. Confira o horário de embarque e portão do seu próximo voo com um agente de portão ou nos painéis de voo disponíveis no aeroporto;


– Se o tempo para efetuar o voo de conexão for insuficiente, em razão do atraso do voo, contate a companhia aérea responsável pelo atraso. Caso você perca a conexão, a empresa deverá reacomodá-lo em um voo mais tarde;
– Evite correr em disparada dentro de aeroportos, pois pode ser visto de forma negativa pelos seguranças do local, sobretudo em outros países.


Publicidade