Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Oh! Minas Gerais, quem te conhece não esquece jamais

Aplicativo de táxi-aéreo e Governo de Minas fecham parceria para expansão de voos no Estado. Dezessete destinos estarão disponíveis para compra


postado em 22/01/2019 05:05

(foto: beto novaes/em/d. a press)
(foto: beto novaes/em/d. a press)

 

O escritor Guimarães Rosa já disse: “Minas são muitas. Porém, poucos são aqueles que conhecem as mil faces das Gerais”. O estado, que tem uma área de aproximadamente 600 mil quilômetros quadrados, não é fácil de percorrer e conhecê-lo em toda a sua totalidade. Mas uma parceria do governo mineiro com a empresa conhecida como a “Uber dos aviões” vai tentar encurtar distâncias entre as regiões de Minas Gerais. Conhecida no mercado por democratizar o setor ultra exclusivo da aviação executiva, a Flapper, primeira empresa de voos compartilhados de táxi-aéreo, acaba de firmar parceria com o Projeto Voe Minas Gerais, que desde 2016 oferece voos regulares entre Belo Horizonte (aeroporto da Pampulha) e cidades do interior de Minas Gerais. Com essa integração, os voos do Voe Minas Gerais agora estão disponíveis dentro do aplicativo Flapper e no sistema de agências de viagens corporativas, que também integram a plataforma da empresa.


Por meio dessa parceria, a startup pretende contribuir ativamente para o desenvolvimento do projeto e da aviação na região. De acordo com Paul Malicki, CEO da Flapper, o Voe Minas Gerais representa um dos melhores projetos de aviação regional vistos até o momento. “Tornando-se um novo canal de venda para esse programa, a Flapper vai interferir positivamente na taxa de aproveitamento e, consequentemente, vai ajudar no desenvolvimento de novas rotas dentro do estado”, afirma Malicki.


Atualmente, o projeto Voe Minas vai atender aos seguintes destinos: Almenara, Araçuaí, Araxá, Belo Horizonte, Caratinga, Diamantina, Governador Valadares, Ipatinga, Manhuaçu, Patos de Minas, Patrocínio, Piumhi, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Varginha e Viçosa. No ano passado, 17.400 passageiros voaram nos 3.700 voos realizados. A média de ocupação no período foi de 52% (em julho, a taxa alcançou pico de 60%). Entre os benefícios de voar com a Flapper estão a praticidade do aplicativo, que adicionalmente permite reservar voos compartilhados no Sudeste, comprar voos fretados nas mais de 150 aeronaves disponíveis no Brasil, e fazer o pagamento parcelado em até 3x nos cartões de crédito. Em 2019, a empresa pretende lançar um programa de fidelidade e oferecer uma opção de assinatura mensal. Os clientes poderão pagar uma taxa fixa para voos ilimitados e ter acesso aos fretamentos sem margens adicionais. O aplicativo está disponível para download gratuito na Apple Store e Google Play.

Mais informações:
www. flyflapper.com


Publicidade