Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Verdadeiro paraíso

Visitar Alagoas e não aproveitar as diversas praias que se espalham pelo estado, como as de São Miguel dos Milagres, seria um pecado


postado em 15/01/2019 05:05

Redes dentro de rios ou do mar para deixar o turista refrescado o tempo inteiro
Redes dentro de rios ou do mar para deixar o turista refrescado o tempo inteiro

 

 

Antes de mais nada, é preciso deixar claro que os diversos tons de azul no mar de Alagoas são o que mais chama a atenção. Injustamente chamado de “Caribe brasileiro” – afinal, não é possível comparar aqueles 229 quilômetros de extensão a lugar nenhum no mundo por causa da combinação de fatores, como o povo, a comida e os tipos de diversão –, o litoral do estado brilha mais forte por causa daquelas colorações. A Universidade Federal de Alagoas, inclusive, conta com vários estudos que explicam o fenômeno. Dois pontos principais são a presença menor de sedimentos vindos dos rios, que ficam suspensos na água salgada, e o grande depósito de calcário, oriundo dos arrecifes da costa.


Pronto, já dá pra tirar uma onda de nerd. Agora, vamos ao que realmente importa: curtir o litoral. No caso de Alagoas, ele é dividido em sul e norte. O litoral sul é bem mais movimentado, conhecido e explorado por turistas e hotéis. Há joias como a Praia do Gunga, a Praia do Francês, as Dunas de Marapé, a Barra de São Miguel e a Foz do Rio São Francisco.
No norte, Ipioca, Paripueira, São Miguel dos Milagres, Maragogi e Sonho Verde são verdadeiros paraísos. Vamos começar por Ipioca, muito perto da capital, Maceió, e local ideal para a construção de um resort all inclusive, feito com o pensamento na família. O Pratagy Beach, do grupo Wyndham, existe há 30 anos, mas há cinco uma nova direção assumiu o comando do lugar e, aos poucos, vem fazendo reformulação completa. Dos 242 apartamentos, por exemplo, 70% já passaram por renovação. Em maio de 2019, um parque aquático será inaugurado, para felicidade dos pequenos e dos pais, enquanto a piscina principal é reconstruída. Tudo novo em folha.

CURVAS E MUITO VERDE Ficar em um resort é bom, mas visitar Alagoas e não aproveitar as diversas praias que se espalham pelo estado seria um pecado. Mas, por enquanto, o destino escolhido foi São Miguel dos Milagres, a 94 quilômetros de Maceió. A satisfação de uma escolha certa começou ainda no caminho. Pela AL-101, no caminho para o norte, entre um povoado e outro, muito verde. Alguns trechos sobreviventes de mata atlântica, coqueiros, plantações. Uma leve curva no trajeto nos afasta do mar e nos coloca na Zona da Mata, com diversos tipos de cultivo, principalmente de cana-de-açúcar. A pista, a população e os turistas convivem com a promessa de que todo o trecho, desde Maceió, será duplicado em nome do conforto e da segurança. Enquanto isso não ocorre, vale a pena se deliciar com a paisagem.Especificamente para São Miguel dos Milagres, o caminho é um caso à parte. Muitas curvas em um cenário de verde constante. E morros. E criação de gado. A impressão é que se está em Minas Gerais, mas basta abrir a janela do carro para o calor entrar e não deixar dúvidas. Já em Milagres, como o povoado é carinhosamente chamado, o que chama a atenção são as pousadas de charme, nas quais o diferencial é o atendimento.“O nordestino tem muita coisa boa, mas isso é diferente: ele sabe receber. A gente pensa que, já que o turista nos escolheu, é porque nós temos algo de especial”, aponta o motorista e guia Bartolomeu Silva, da Luck Receptivo, que levou o Turismo até esse cantinho de paraíso. Para dar um ar mais rústico, a chegada até a praia é feita somente por estradas de terra. Ali é destino de famosos do mundo todo, que querem fugir da agitação de outros centros. Há, inclusive, uma igrejinha de frente para o mar, usada para o casamento de artistas e gente milionária que não deseja intrusos. (LM)


Publicidade