Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Biodiversidade brasileira em foco


postado em 06/11/2018 05:07

Parque Nacional de São Joaquim (SC) foi locação de filmagens de websérie(foto: Fundação Grupo Boticário/Divulgação)
Parque Nacional de São Joaquim (SC) foi locação de filmagens de websérie (foto: Fundação Grupo Boticário/Divulgação)

 

 

Lançada recentemente, a websérie Pé no parque está com a primeira temporada disponível no WikiParques (www.wikiparques.org/pe-no-parque) – plataforma colaborativa sobre unidades de conservação nacionais. Composta por quatro episódios, a temporada de abertura foi toda filmada no Parque Nacional de São Joaquim, localizado no interior de Santa Catarina, entre os municípios de Urubici, Orleans, Grão Pará, Lauro Muller e Bom Jardim da Serra.


Com patrocínio da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza e realização de ((o))eco (site jornalístico), o projeto é um convite para que as pessoas conheçam diferentes parques nacionais e entendam a importância das áreas de conservação. Cada episódio da primeira temporada tem aproximadamente cinco minutos e trata de um aspecto específico do parque catarinense, criado em 1961: características naturais, história da região, matas de araucárias e os principais atrativos turísticos.


Incentivar o turismo e ampliar a quantidade de visitantes nessas áreas também são objetivos da produção. “A nossa expectativa é que, após assistir aos episódios, o público queira literalmente pôr o pé no parque. É por meio da visitação que as pessoas vão se sensibilizar para o real valor da proteção à natureza”, explica a roteirista da websérie, Duda Menegassi.

DESPERTAR Além dos episódios sobre o Parque Nacional de São Joaquim, o projeto deve percorrer, em 2019, outras áreas naturais de diferentes regiões do território nacional. “O Brasil é um dos países mais ricos do mundo quando se fala em biodiversidade e é impressionante como quem mora aqui desconhece isso. Precisamos despertar o interesse das pessoas pela beleza natural que temos aqui para, assim, protegê-la e conservá-la”, afirma a diretora-executiva da Fundação Grupo Boticário, Malu Nunes.


Publicidade