Publicidade

Estado de Minas CAMPEONATO BRASILEIRO

América perde para Fluminense e vê sonho da Libertadores mais distante

Coelho é superado em confronto direto no Maracanã e cai na tabela da Série A


21/11/2021 19:19 - atualizado 21/11/2021 19:23

Fred, de pênalti, definiu a vitória do Fluminense sobre o América
Fred, de pênalti, definiu a vitória do Fluminense sobre o América (foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
Com a permanência na Série A assegurada, o América viu o sonho de conquistar uma vaga na Copa Libertadores ficar mais difícil. Neste domingo, em confronto direto por classificação à competição continental, o Coelho equilibrou as ações contra o Fluminense , mas pagou por erros bobos e foi superado por 2 a 0, no Maracanã. Luiz Henrique , após vacilo americano em linha de impedimento, e Fred , em cobrança de pênalti, garantiram a vitória do Tricolor na partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Com o resultado no Rio de Janeiro, o América cai da nona para a décima posição da tabela, com 45 pontos. Já o Fluminense chega ao sétimo lugar, com 48, quatro a menos que o Bragantino, time que fecha o G6 . 

O Coelho só volta a campo daqui a dez dias. No dia 1 de dezembro, quarta-feira, o time de Marquinhos Santos encara a Chapecoense, às 21h, no Independência. Na próxima quarta, o Flu enfrenta o Internacional, às 21h30, no Maracanã, também em duelo entre postulantes a uma vaga na Libertadores. 

Erro deixa tricolor em vantagem 
O primeiro tempo no Maracanã foi de muita marcação. Com rápidas recuperações de bola no meio-campo, as equipes deixaram poucas brechas. O Fluminense teve boa oportunidade logo no primeiro minuto da partida, em chute cruzado de Caio Paulista. A bola passou à esquerda da meta de Cavichioli. O Tricolor também ameaçou na finalização de Yago Felipe, defendida com segurança pelo goleiro americano. O Coelho criou a única oportunidade aos 34 minutos. O chute fraco de Felipe Azevedo, no entanto, passou longe do gol. 

Nos instantes finais, o Flu emplacou uma pressão e chegou em cobrança de falta de David Braz, além de um cabeceio perigoso de Fred. Aos 43 minutos, os cariocas abriram o placar depois de erro do América em tentativa de linha de impedimento. Livre de marcação, Nino aproveitou levantamento para a área e rolou para Luiz Henrique, que completou para a rede: 1 a 0 . O lance foi revisado pelo VAR, e o gol confirmado, pois um pé do zagueiro Ricardo Silva deu condição legal de jogo ao ataque tricolor. 

Fred define o jogo
O Fluminense manteve a pressão na volta para o segundo tempo e forçou Cavichioli a trabalhar em chute rasteiro de Luiz Henrique. Aos seis minutos, o Coelho perdeu Zárate, por lesão. Fabrício Daniel entrou na vaga do argentino. Após a alteração, o time mineiro se abriu e partiu em busca do ataque. Ademir passou a comandar as ações ofensivas e levar perigo com arrancadas e cruzamentos pela ponta direita. 

Marquinhos Santos aumentou a ofensividade do América com duas alterações aos 28 minutos: Yan Sasse e Carlos Alberto nas vagas de Lucas Kal e Felipe Azevedo. As esperanças americanas acabaram aos 37 minutos. Com a defesa do Coelho dispersa, Cazares cobrou falta com agilidade e encontrou Arias, na área. Ele acabou derrubado por Eduardo Bauermann, e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Fred mandou no canto esquerdo de Cavichioli e definiu o jogo no Maracanã: 2 a 0 .  

Fluminense 2 x 0 América 

Fluminense: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino (Lucas Claro), David Braz e Marlon; André, Martinelli e Yago Felipe; Luiz Henrique (Arias), Caio Paulista (Cazares) e Fred (Bobadilla). Técnico: Marcão. 

América: Matheus Cavichioli, Patric, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Marlon (Alan Ruschel); Lucas Kal (Yan Sasse), Juninho, Alê (Marcelo Toscano); Ademir, Zárate (Fabrício Daniel) e Felipe Azevedo (Carlos Alberto). Técnico: Marquinhos Santos.

Gols: Luiz Henrique, aos 43'1ºT; e Fred, aos 37'2ºT (Fluminense)
Cartões amarelos: André (Fluminense); Alê e Juninho (América)

Motivo: 34ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data : 21 de novembro de 2021, domingo, às 17h
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Victor Hugo Imazu (PR) e Nailton Júnior de Souza Oliveira (CE)
VAR : Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Público presente: 14,168

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade