Publicidade

Estado de Minas SÉRIE A

Após vencer fora, Coelho encara o 2º pior visitante do Brasileirão

Equipe tricolor tem apenas 20% de aproveitamento em 15 jogos disputados nessa Série A


12/11/2021 13:02 - atualizado 12/11/2021 14:44

América
O América enfrentará o Grêmio no próximo sábado (13); o time gaúcha tem o segundo pior desempenho como visitante desta Série A (foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Em sua melhor campanha na fase de pontos corridos do Campeonato Brasileiro e perto de confirmar a permanência na elite, o América enfrentará na próxima rodada o segundo pior visitante da competição, o Grêmio. O Coelho vem de vitória fora de casa sobre o Sport por 3 a 2. Se ganhar a partida de amanhã, às 18h30, no Independência, chega a 44 pontos e praticamente se garante na Série A em 2022, além de se aproximar pelo menos de uma vaga para a Copa Sul-Americana.
O tricolor gaúcho, ameaçado de rebaixamento, é o 19º colocado, com 29 pontos. A equipe é treinada por Vágner Mancini, ex-treinador americano, e venceu apenas três dos 15 jogos que disputou fora do Rio Grande do Sul, tendo perdido os outros 12 duelos. As vitórias foram diante de Fluminense, Cuiabá e Flamengo.

Com apenas 20% de aproveitamento longe de seus domínios, a equipe está empatada em desempenho com o Ceará. O pior visitante da Primeira Divisão é a Chapecoense, já rebaixada, que tem 18,75% de aproveitamento nesse quesito.

Nesta Série A, o América obteve 51,11% dos pontos que disputou como mandante. Até aqui, são seis vitórias, cinco empates e quatro derrotas em 15 partidas no Horto. Em casa, o Coelho derrotou Fortaleza, Palmeiras, Athletico, Ceará, Fluminense e Santos.

Para o técnico Marquinhos Santos, o alviverde está próximo de selar sua permanência na elite. Ele avaliou os 3 a 2 de quarta-feira sobre o Sport como resultado grandioso. "Analiso como uma grande vitória. Uma vitória gigantesca, uma vitória que dá um passo importante para o principal objetivo da instituição e para o torcedor, de poder realizar e comemorar um sonho. Falta pouco”, afirmou.

"Acho que a campanha está muito boa. O América está de parabéns e os jogadores, em especial, estão de parabéns, porque estão assimilando, pelo pouco tempo de trabalho, aquilo que está sendo passado", completou. Sob o comando dele o alviverde obteve três triunfos (Santos, Fortaleza e Sport), tendo perdido apenas para o Atlético.

* Estagiário sob supervisão do subeditor Eduardo Murta
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade