Publicidade

Estado de Minas SÉRIE B

Com Mozart sob intensa pressão, Cruzeiro enfrenta Vila Nova pela Série B

Duelo está marcado para as 16h30 deste sábado, no OBA, em Goiânia-GO


24/07/2021 06:57 - atualizado 24/07/2021 07:00

Mozart vive pressão intensa no comando do Cruzeiro, que encerrou preparação para jogo com Vila em treino no CT do Goiás, nessa sexta-feira (Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Mozart vive pressão intensa no comando do Cruzeiro, que encerrou preparação para jogo com Vila em treino no CT do Goiás, nessa sexta-feira (Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
O Cruzeiro tem pela frente, neste sábado, às 16h30, um duelo que poderá definir o futuro do técnico Mozart. Sem um resultado positivo há sete jogos pela Série B do Campeonato Brasileiro, o time celeste buscará voltar ao caminho das vitórias diante do Vila Nova, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, conhecido como OBA, em Goiânia-GO.

Depois da derrota por 1 a 0 para o Remo, na última terça-feira, Mozart admitiu que entenderia a direção do Cruzeiro em caso de demissão, uma vez que a pressão é intensa nos bastidores. Grande parte do Conselho Deliberativo e da torcida já defende a saída do treinador, que venceu apenas duas das 11 partidas em que comandou os mineiros na Série B.

No Z4 - 19º colocado, com 11 pontos em 13 jogos -, o Cruzeiro poderá encerrar a rodada na lanterna da Segunda Divisão caso não vença seu compromisso. Para isso, basta que o Confiança, adversário direto da Raposa na briga contra o rebaixamento, vença seu duelo contra o Botafogo.

Como se tornou hábito sob comando de Mozart, o Cruzeiro deverá, mais uma vez, ter inúmeras mudanças na equipe titular. A começar do meio-campo, setor em que o clube perdeu Matheus Barbosa. O volante, artilheiro da Raposa em 2021 com sete gols, optou pela transferência ao Atlético-GO para disputar a Série A.

Há, ainda, uma expectativa por um novo esquema tático. Mozart poderá retornar ao 3-4-3, uma vez que volta a ter à disposição zagueiros mais experientes no elenco. Se a ideia for confirmada, Eduardo Brock, Léo Santos, Rhodolfo e Ramon disputam três vagas na equipe. Titular contra o Remo, Brock comentou, nessa sexta-feira, o peso do duelo diante do Vila.

"Eu acho que é um peso de responsabilidade. De entender que estamos, a cada dia, procurando entender por que as coisas não estão acontecendo do jeito que a gente quer, entender a importância de resultado positivo - não só para a tabela, mas sim para a confiança do grupo. A gente sabe que existe uma cobrança muito grande entre nós, principalmente, a gente sabe da cobrança externa, mas principalmente entre jogadores", disse.

Para o jogo deste sábado, Mozart ganhou os retornos do meia Giovanni, que cumpriu suspensão na última rodada, e do lateral-direito Raúl Cáceres, recuperado de entorse no tornozelo esquerdo. Por outro lado, o atacante Marcelo Moreno e o volante Adriano não viajaram com a delegação para Goiânia em função de situações particulares.

Vila Nova


Há três jogos sem vencer - um empate e duas derrotas -, o Vila tenta, a exemplo do Cruzeiro, retomar o caminho de triunfos. O técnico Higo Magalhães, no entanto, tem problemas para escalar a equipe e pensa na mudança do esquema tático para o 3-5-2. 

O volante/lateral-direito Pedro Bambu e o atacante Alesson sofreram lesões na derrota por 1 a 0 para o Brusque, na última rodada, e desfalcam a equipe. Por outro lado, o lateral Lucas Mazzeti, de 20 anos, contratado nesta semana ao Internacional, poderá fazer a estreia diante do Cruzeiro. 

O Vila ocupa a 13ª colocação da tabela da Série B, com 14 pontos em 13 jogos disputados. 

VILA NOVA X CRUZEIRO

Vila Nova
Georgemy; Xandão, Renato e Rafael Donato; Lucas Mazzeti, Dudu, Arthur Resende, Renan Mota e Willian Formiga; Henan e Alan Grafite. Técnico: Higo Magalhães

Cruzeiro
Fábio; Ramon, Rhodolfo e Eduardo Brock; Cáceres (Norberto), Lucas Ventura, Rômulo e Felipe Augusto (Jean Victor); Marcinho, Bruno José e Rafael Sobis. Técnico: Mozart 

Motivo: 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia-GO
Data e horário: 24 de julho de 2021 (sábado), às 16h30
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade