Publicidade

Estado de Minas ATLÉTICO

Atlético registra queda brusca em chutes certos no 2º tempo pelo Brasileiro

Em cinco partidas, foram apenas três finalizações na direção do gol adversário


22/06/2021 07:31 - atualizado 22/06/2021 07:37

Hulk é o principal finalizador do Atlético no Brasileiro(foto: Pedro Souza/Atlético)
Hulk é o principal finalizador do Atlético no Brasileiro (foto: Pedro Souza/Atlético)
O Atlético ainda não conseguiu fazer gols depois do intervalo no Campeonato Brasileiro. Em cinco partidas, o Galo encerrou o primeiro tempo vencendo em todas, mas só conseguiu manter a vantagem em três. Pior do que isso. Foram apenas três finalizações na direção do gol (os números estão disponíveis na plataforma Sofascore, especializada em estatísticas).

Contra Sport e São Paulo, jogos vencidos pelo Atlético, a equipe não finalizou na direção do gol no segundo tempo. Já nos duelos contra Fortaleza, Internacional e Chapecoense, a equipe alvinegra conseguiu obrigar o goleiro adversário a fazer uma defesa.

Em cinco partidas, o Atlético tentou 28 finalizações no segundo tempo. Além das três na direção do gol, são 16 para fora e outras nove travadas. O maior número foi justamente no empate dessa segunda-feira, contra a Chapecoense. 

No duelo no Mineirão, o Galo criou algumas oportunidades para ampliar o placar antes de sofrer o empate da Chape. No total, o time finalizou nove vezes, sendo sete para fora e uma travada. A única na direção do gol foi de Hulk, logo no segundo minuto. Depois, a equipe não conseguiu incomodar o goleiro João Paulo.

Em comparação, o Atlético tem melhor desempenho ofensivo no primeiro tempo das partidas na competição. Foram oito chutes na direção do gol (cinco morreram nas redes), além de 15 para fora e três travados.

Para o técnico Cuca, o elenco atleticano precisa de mais confiança para transformar as oportunidades criadas em bola na rede. 

"A gente treina finalizações. É muito mais fácil ensinar um jovem a finalizar do que os experientes. A gente teve oportunidades de fazer 2 a 0. É um jogo perigoso. Qualquer 1 a 0 é perigoso até o final. Uma bola te causa a perda de pontos. Temos que corrigir isso, dar uma confiança maior aos jogadores em termos de finalizações, para que eles sejam mais eficazes. Não precisa ter 20 chances para fazer três gols. As 14 que tivemos eram suficientes. Infelizmente, não aconteceu", disse.  

Finalizações no primeiro tempo: 26
Finalizações no gol: 8
Finalizações para fora: 15
Finalizações travadas: 3

Finalizações no segundo tempo: 28
Finalizações no gol: 3
Finalizações para fora: 16
Finalizações travadas: 9

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade