Publicidade

Estado de Minas ATLÉTICO

Atlético: Cuca utilizou 23 jogadores e não repetiu escalação no Mineiro

Apenas quatro atletas foram titulares em todas as partidas; treinador também variou o esquema tático da equipe


09/04/2021 07:59 - atualizado 09/04/2021 08:03

Cuca comandou o Atlético em quatro partidas do Campeonato Mineiro(foto: Pedro Souza/Atlético)
Cuca comandou o Atlético em quatro partidas do Campeonato Mineiro (foto: Pedro Souza/Atlético)
O Atlético disputou oito jogos na atual temporada. No entanto, o recém-chegado Cuca comandou a equipe em apenas metade deles. Em suas quatro partidas iniciais, o treinador já utilizou 23 jogadores e não repetiu a escalação inicial em nenhuma, o que demonstra que o técnico ainda está em busca de um time e uma formação ideal.

Nos jogos contra Coimbra, Caldense, América e Pouso Alegre, o treinador alvinegro escalou diferentes jogadores, sendo que apenas quatro deles foram titulares em todos: o goleiro Everson, o zagueiro Junior Alonso, o volante Allan e o atacante Keno. 

Apesar de dar indícios dos atletas em que mais confia, Cuca não pôde contar com outros jogadores que eram titulares com Jorge Sampaoli, ex-técnico do time. O zagueiro Réver, os laterais Guga e Guilherme Arana e o volante Jair ficaram fora de ao menos uma dessas últimas quatro partidas por problemas clínicos. 

O ponta Savarino também foi desfalque no jogo contra o Coimbra, por ter problemas para retornar ao Brasil após passar os dias de folga na Venezuela. O meia argentino Nacho Fernandez, grande contratação do Atlético para a temporada, foi poupado na partida contra o Pouso Alegre. Já o atacante Diego Tardelli se lesionou na última partida antes de Cuca assumir e ainda não esteve à disposição do treinador.

Além da busca pelos 11 titulares, Cuca também variou as formações táticas da equipe. De acordo com o próprio treinador, o Galo já atuou no 4-2-3-1, 4-3-3 e 4-4-2 (ou 4-2-4). Até mesmo pelas diferentes características dos jogadores utilizados, o técnico alvinegro varia principalmente no meio-campo, com dois jogadores lado a lado e um mais à frente, ou ao contrário, com um jogador mais preso à defesa e dois meias à frente. 

Confira todos os jogadores utilizados por Cuca no Campeonato Mineiro:

5ª rodada - Atlético 3 x 0 Coimbra:
Everson; Mariano (Guga), Igor Rabello, Junior Alonso e Dodô; Allan (Hyoran), Jair (Matías Zaracho) e Nacho Fernández; Hulk, Keno (Nathan) e Eduardo Vargas (Eduardo Sasha).

6ª rodada – Caldense 2 x 1 Atlético:
Everson; Mariano (Igor Rabello), Gabriel, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Matías Zaracho (Hyoran) e Nacho Fernández; Hulk (Eduardo Sasha), Keno (Marrony) e Vargas (Savarino).

7ª rodada – Atlético 3 x 1 América:
Everson; Guga, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Matías Zaracho (Nathan) e Nacho Fernández (Dodô); Savarino (Hulk), Keno (Marrony) e Eduardo Sasha (Eduardo Vargas).

8ª rodada – Atlético 1 x 0 Pouso Alegre:
Everson; Talison (Mariano), Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan e Matías Zaracho (Alan Franco); Hulk (Savarino), Eduardo Vargas, Eduardo Sasha (Hyoran) e Keno (Marrony).

Descanso e revezamento

Segundo Cuca, essa rodagem inicial é importante devido à grande quantidade de jogos que a equipe terá ao longo do ano. “Se você não tiver compreensão, parceria, amizade e, acima de tudo, entendimento, não vai para frente. Temos 70 jogos, estamos apenas no começo. Eles vão ter tempo para jogar. Tem muitos jogadores que serão selecionáveis, suspensos, lesionados, que não vão estar em um bom momento, então vamos utilizar todos. Nesse ano dia 5 de dezembro encerra, então vamos jogar uma partida a cada três dias. Vamos usando o elenco, cada vez de uma forma, sempre rodando o pessoal para não correr um risco maior de lesão”, explicou.

O técnico busca uma formação ideal antes do início das partidas decisivas do clube na temporada. “Espero ter o time praticamente definido para as finais do Mineiro e na Libertadores. Se eu tiver uma ou duas dúvidas, tudo bem, porque temos bastante opções, principalmente do meio para frente. Não são testes, é dar oportunidade para o jogador. Aqueles que abraçarem essa oportunidade e jogarem melhor, automaticamente serão os titulares”.

Sem oportunidades
 
Antes da chegada de Cuca, o auxiliar Lucas Gonçalves ficou responsável por escalar a equipe nas quatro primeiras partidas do estadual. Com vários jogadores considerados titulares de férias, o técnico levou a campo diversos jogadores da base. A partir da chegada do Cuca, 11 dos que atuaram nessas partidas ainda não tiveram oportunidades.

São eles: o goleiro Rafael, o lateral Matheus Lima, os meias Iago Oliveira, Neto, Rubens, Dylan Borrero, Calebe, Echaporã, e os atacantes Júlio Cesar, Sávio e Felipe Felício.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade