Publicidade

Estado de Minas CAMPEONATO MINEIRO

FMF crava o Estadual na quinta-feira, mas Saúde, não

Nessa quarta-feira (24/3), o governo do estado prorrogou até 4 de abril o período de vigência da fase mais restritiva do programa Minas Consciente


25/03/2021 13:01 - atualizado 25/03/2021 13:06

Mesmo com onda roxa prorrogada, organizadores do regional preveem volta em 1º de abril(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press 5/6/13)
Mesmo com onda roxa prorrogada, organizadores do regional preveem volta em 1º de abril (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press 5/6/13)

A Federação Mineira de Futebol (FMF) garantiu que a volta do Campeonato Mineiro está mantida para o dia 1º de abril, mesmo com ampliação da onda Roxa. Nessa quarta-feira (24/3), o governo do estado prorrogou até 4 de abril o período de vigência da fase mais restritiva do programa Minas Consciente, em função do agravamento da COVID-19.



Entretanto, o secretário estadual de Saúde, Fábio Baccharetti, foi mais cauteloso e não cravou a volta do Estadual na próxima quinta-feira. Segundo ele, a retomada da competição depende de novas conversas com a FMF sobre a segurança dos protocolos sanitários com a realização das partidas.

Segundo os dirigentes esportivos, não houve nenhuma orientação diferente do governador Romeu Zema (Novo) sobre a alteração do reinício do torneio. Sendo assim, a data estipulada seguiria sem mudanças diante do planejamento estabelecido. Uma nova reunião no início da semana que vem entre o governo de Minas e a FMF deve tratar do tema.

A decisão da ampliação da onda roxa em Minas foi tomada em reunião realizada na manhã d ontem pelo Comitê Extraordinário Estadual COVID-19. O órgão estendeu o período mais restritivo de controle da pandemia até o domingo de Páscoa. A prorrogação seria oficializada por meio de decreto do chefe do Executivo estadual.

"Estive com a FMF, que nos apresentou os estudos relacionados à segurança dos jogos. Nossa área técnica vem analisando periodicamente, para que a gente garanta segurança e a redução da disseminação do vírus. Vou discutir isso nas próximas semanas. Caso haja um consenso técnico de que não vai haver riscos aos jogos, além do fato de que o jogo deixe o cidadão em casa, se a gente perceber que essa soma é positiva, vamos discutir se as competições voltarão”, afirmou Fábio Baccharetti. 

“Lembrando que, caso volte, ele tem de respeitar as determinações da onda roxa, que são jogos diurnos, com hotéis funcionando apenas para jogadores, profissionais de saúde ou aqueles em isolamento. A FMF sabe das condições e vamos discutir de forma periódica com eles a melhor conduta", acrescentou o secretário.
 

Paralisação 

 
A reunião realizada na segunda-feira entre representantes do governo de Minas e a FMF definiu a paralisação do Campeonato Mineiro pelo menos até 31 de março – até então o último dia da onda roxa. A bola voltaria a rolar nos gramados mineiros em 1º de abril.

A sexta rodada estava marcada para ontem, mas sofreu adiamento de uma semana. Com a obrigação de jogos que respeitem o toque de recolher, Uberlândia x América, por exemplo, será às 11h. O duelo entre Cruzeiro e Tombense ficou marcado para as 16h, enquanto Caldense x Atlético será às 17h30. Já a sétima rodada, que seria disputada em 27 e 28 de março, foi remanejada para 4 de abril.

Com as mudanças, a fase classificatória terminará em 25 de abril. Então, as semifinais serão em 2 e 9 de maio, com as finais previstas para 16 e 23 do mesmo mês – que seria a data inicial de encerramento do campeonato.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade