Publicidade

Estado de Minas SÉRIE A

Atlético exerce opção e compra Hyoran, que assina até 2023

Jogador estava emprestado pelo Palmeiras; Atlético exerceu a preferência de compra de 50% dos direitos dele


02/02/2021 04:00 - atualizado 02/02/2021 08:58

Com o Galo ainda na briga pelo título brasileiro, Hyoran promete à torcida: %u201CVamos por mais, vamos buscar taças%u201D (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press %u2013 6/12/20)
Com o Galo ainda na briga pelo título brasileiro, Hyoran promete à torcida: %u201CVamos por mais, vamos buscar taças%u201D (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press %u2013 6/12/20)

A diretoria do Atlético vai garantindo uma equipe forte para a temporada 2021. Depois de contratar o atacante Hulk (chega amanhã, passa por exames na quinta e deve ser apresentado na sexta-feira), o clube anunciou a compra de 50% dos direitos do armador Hyoran, exercendo opção prevista no contrato de empréstimo do jogador pelo Palmeiras, que vai até o fim do Campeonato Brasileiro, em 24 de fevereiro.

Para ter o jogador definitivamente, o Galo vai pagar ao Verdão R$ 7,5 milhões, divididos em quatro parcelas. Ele assinará contrato com validade até dezembro de 2023. Hyoran tem 27 anos e vem sendo um dos destaques do time nesta reta final de Campeonato Brasileiro. Em 43 jogos, foram nove gols pelo Atlético. Ele só não marcou mais que Keno, que fez 11, e Savarino, com 10.

Fez gols importantes, como ao abrir o caminho da vitória por 2 a 0 sobre o Coritiba, no Mineirão; ou ao decretar empate por 2 a 2 contra o Bragantino, fora de casa, em cobrança de pênalti; ou ainda no triunfo por 3 a 1 sobre o Atlético-GO, no Gigante da Pampulha; e também no empate por 1 a 1 com o Grêmio, em Porto Alegre, pela 30ª rodada.

“Muito feliz com meu novo contrato com o Atlético. Quero primeiramente agradecer a Deus, que me sustentou e abençoou em todos os momentos. Quero também agradecer à minha esposa, Andressa, e aos meus filhos, que em todos momentos e todas as circunstâncias estiveram ao meu lado me ajudando, apoiando e renovando minhas forças. São muitos a agradecer e a todos que fazem parte de tudo isso eu agradeço de coração. Obrigado, Atlético. E toda a Massa atleticana: vamos por mais, vamos buscar taças”, escreveu o jogador em seu perfil no Instagram.

Depois de vencer o Fortaleza por 2 a 0 no domingo, no Mineirão, o próximo desafio do Galo é contra o Goiás, amanhã, às 21h30, fora de casa. A expectativa é de vitória sobre mais um time que luta contra o rebaixamento, ainda que seja uma partida considerada difícil.

“A gente sabe que é jogo difícil, mas time que quer ser campeão tem de ganhar fora de casa também”, afirmou o lateral-esquerdo Guilherme Arana, autor do primeiro gol no triunfo contra os cearenses. A cinco rodadas para o fim da competição, o Atlético tem 60 pontos, a cinco do líder, Internacional.

Quem tem opinião parecida é o técnico Jorge Sampaoli. “É um jogo muito complicado mesmo e, até o final, precisamos ter claro que nosso protagonismo será fundamental para ver onde o time termina (o Brasileiro). Cada jogo será muito complicado e precisamos muito da crença desmedida primeiro em nosso jogo e, depois, em nosso sonho”, afirmou.

COBRANÇA

Se anunciou a contratação em definitivo de Hyoran, o Atlético foi cobrado ontem pelo presidente do Avaí, José Francisco Battistotti, por dívida pela contratação do lateral-direito Guga, efetuada em dezembro de 2018. O Galo não pagou parte da última parcela.

O valor, segundo o dirigente avaiano, seria de cerca de R$ 1,1 milhão. “Denunciamos o clube na CBF em outubro. Estamos aguardando para que possamos sentar e fazer com que o Atlético nos pague”, disse ele, em entrevista à rádio Guarujá AM.

Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação do Atlético informou que “há uma discussão judicial sobre o valor a ser pago, por isso está em aberto”.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade