Publicidade

Estado de Minas ATLÉTICO

Presidente do Atlético, Sette Câmara comenta relação com Kalil: 'Cada um seguindo o seu rumo'

Presidente alvinegro admite que há tempos não se encontra com atual prefeito de Belo Horizonte, que o apoiou na eleição do clube em 2017


postado em 19/06/2020 19:41 / atualizado em 20/06/2020 09:25

Alexandre Kalil e Sérgio Sette Câmara foram aliados na eleição presidencial do Atlético em 2017(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Alexandre Kalil e Sérgio Sette Câmara foram aliados na eleição presidencial do Atlético em 2017 (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Divergências sobre decisões tomadas no Atlético estremeceram a relação entre o presidente Sérgio Sette Câmara e o ex-mandatário e prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD). Os atritos se tornaram públicos e agitaram o ambiente político alvinegro, pacificado na última década. Questionado sobre o tema, o atual responsável por comandar o clube disse que há tempos não conversa com o chefe do Executivo municipal.

“Minha relação com o prefeito... Tem muito tempo que a gente não encontra. Eu diria a você que, até por conta dessas questões de quarentena e compromissos dele lá e eu no Atlético, não tivemos mais nenhum tipo de encontro. Ele está lá, cuida da prefeitura, cuidando da cidade, e eu aqui (cuidando) do Atlético. Cada um seguindo o seu rumo”, disse Sette Câmara, em entrevista exclusiva ao Superesportes e ao Estado de Minas.

Aliados nas eleições presidenciais do Atlético em 2017, Sette Câmara e Kalil divergiram em vários temas ao longo da atual gestão. O atrito ficou maior especialmente com demissões de funcionários ligados ao prefeito e dívidas com clubes do exterior, contraídas em administrações passadas.

O complexo cenário político atleticano já mexe com as eleições presidenciais do clube, previstas para o fim do ano. Apesar de não garantir publicamente, Sette Câmara já confidenciou a amigos que vê com bons olhos a busca pela reeleição.

Ao contrário de 2017, desta vez ele deve ter um concorrente mais forte. Atual presidente do Conselho Deliberativo, Castellar Guimarães Filho indicou que existe a intenção de concorrer ao cargo de máxima hierarquia na política atleticana. Na candidatura, poderia ter apoio do próprio Alexandre Kalil.

Reeleição


Sette Câmara, porém, prefere não falar publicamente em política. Em meio ao conturbado cenário decorrente da pandemia do novo coronavírus, o presidente prefere responder sobre a administração atual e deixar o pleito para depois.

“Com relação à política, eu tenho batido na mesma tecla: não vou ficar falando de política agora. A questão da eleição é a menor de todas para mim agora. Não me importo com isso agora. Estou preocupado é com o Atlético, que eu presido. Fui eleito para presidir o Atlético por três anos. Se vou ser reeleito ou não, isso aí fica por conta do conselho, daquilo que eles analisarem da minha gestão e também tem um detalhe muito simples, mas que é importante frisar: eu tenho que querer (tentar a reeleição). E isso aí nós só vamos trabalhar mesmo mais no fim do ano. Deixa as coisas acontecerem”, disse.

A entrevista


Presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara concedeu entrevista exclusiva ao Superesportes e ao Estado de Minas. Na conversa, o mandatário alvinegro falou sobre finanças, contratações, política, relação com o técnico Jorge Sampaoli, Arena MRV, rivalidade com o Cruzeiro e vários outros temas. As reportagens serão publicadas ao longo dos próximos dias. Veja o que já escrevemos:

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade