Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Eliminado, Minas perde levantador


postado em 30/03/2019 05:09


Dois dias depois da eliminação nas quartas de final da Superliga Masculina de Vôlei – o Sesc-RJ fechou a série melhor de três com 2 a 0 –, o Minas perdeu um de seus principais jogadores: o levantador Marlon, que acertou a ida exatamente para os algozes do torneio nacional. O fato é incomum, já que dificilmente uma equipe anunciou a contratação de um jogador enquanto ainda está disputando uma fase decisiva da competição.

Esta foi a terceira passagem do jogador pelo Minas. “Eu fui chamado para ajudar num projeto. A impressão que tive é de que viriam outras contratações de peso, pois o objetivo era voltar a ser campeão nacional. Mas isso não aconteceu. Só eu fui contratado.”

Marlon diz que, apesar estar próximo de completar 42 anos, ainda não está na hora de parar. “Ninguém foi vice-campeão tantas vezes como eu. Foram quatro vezes. Ainda me falta esse título. Eu quero um título de campeão antes de parar. Ainda não sinto que chegou a hora. Estou disposto, ainda sinto empolgação, vontade. Portanto, quero continuar e acho que a chance de alcançar meu objetivo com o Sesc é grande.”

Marlon disputou seis temporada pelo Minas. A primeira passagem foi de 2004 a 2006, tendo sido vice-campeão da Superliga em duas temporadas. A segunda, de 2010 a 2011. A terceira, de 2017 até agora. Seu maior título foi o de campeão da Liga Mundial, em 2010, com a Seleção Brasileira, mas atuando como reserva.

MAIS UM O Minas corre o risco de perder também o meio de rede Flávio. Aos 25 anos, ele é cobiçado por outros clubes. O jogador, ouro pela Seleção Brasileira na Copa Pan-Americana Sub-23 em 2012, já teria recebido uma proposta para continuar no MTC, mas ainda não respondeu justamente por estar estudando as sondagens de fora.

 

 

Cruzeiro pega o Taubaté
O Taubaté será o adversário do Cruzeiro nas semifinais da Superliga Masculina de Vôlei. O time paulista se classificou ontem ao vencer o Campinas por 3 sets a 1 – parciais de 25/18, 25/17, 23/25 e 25/13. A data dos confrontos, em sistema melhor de cinco, ainda será definida pela CBV. A outra disputa envolve o Sesi-SP e o Sesc-RJ, que eliminou o Minas.


Publicidade