Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Aperitivos

Torta salgada

Receita fornecida por Círia Rodrigues Vilela, de Conceição da Aparecida (35) 3564-1082


postado em 29/04/2016 10:00

Ingredientes:

- 2 pacotes de pão de fôrma, sem casca

- 1 quilo e meio de peito de frango

- 1 vidro de 500 g de maionese

- 2 caixas (200 g, cada) de creme de leite

- 1 kg de batata cozida e espremida, em forma de purê

- 3 colheres (de sopa) de azeitona picadinha

- 1 lata de milho verde

- 1 pacote de 150 g de batata-palha

- Tempero caseiro a gosto

- Tomate, azeitona, cereja, milho e rodelas de palmito (para decorar)

Modo de Preparo:

Refogar o frango com tempero e azeitona e desfiá-lo. Reservar. Passar creme de leite e maionese dos dois lados das fatias de pão e formar uma camada num tabuleiro. A camada seguinte será de frango. Repetir a operação e pôr mais uma camada de pão, espalhando sobre ela o purê, temperado com maionese. Na última etapa, cobrir com batata-palha, azeitona, tomate, cereja, milho e rodelas de palmito. Caso não seja servida na hora, colocar na geladeira.



Sucesso para a família

A espátula desliza suavemente sobre a superfície de cor creme. Um retoque aqui, um arremate ali e está pronta a "rainha" do lanche da tarde. Círia Rodrigues Vilela, de 70 anos, examina o resultado final e dá sua aprovação, certa de que os filhos e netos vão adorar a torta salgada. "Gosto de fazer coisas gostosas. A família vai chegando, o ambiente fica mais feliz", diz a cozinheira, que aprendeu essa e outras receitas com a irmã.

O talento é reconhecido em Conceição da Aparecida. Por isso, dona Círia é sempre solicitada para preparar doces em aniversário e casamento, bolos confeitados, tortas doces e salgadas e outras delícias. "São muitos os pedidos, é preciso trabalhar dobrado para dar conta das encomendas", revela, num misto de modéstia e satisfação. Com saudade de tempos mais requintados, quando as mesas de chá tinham seu lugar e seu valor, dona Círia procura fazer tudo no maior capricho, certa de que é preciso agradar aos olhos e ao paladar.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade