Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Quitandas

Biscoito de vinho

Receita fornecida por Shirley de Souza Rubio, de Espera Feliz: (32) 9939-6347


postado em 22/03/2007 08:10

Ingredientes:

- 1 xícara (chá) de gordura de porco derretida

- 2 xícaras (chá) de vinho tinto, suave

- 1 kg de farinha de trigo

- 1 xícara (chá) de vinho tinto, suave (para o acabamento)

- 1 kg de açúcar refinado (para o acabamento)

Ondeficar:

Hotel Pico da Bandeira (32) 3746-3200

Modo de Preparo:

Misturar a gordura, o vinho e a farinha, até obter massa lisa e homogênea, semelhante à de pastel. Abrir numa superfície com rolo, com meio centímetro de altura, e cortar em tiras com 10cm de comprimento e 5cm de largura. Modelar o biscoito, fazendo um anel com cada retângulo, apertando bem na emenda, para não soltar. Virar apenas uma das extremidades, como aba de um chapéu. Fritar em gordura quente, colocando a aba para baixo, na frigideira.

Fritar toda a massa e deixar no papel-toalha para retirar o excesso de gordura. Deixar esfriar bem, mergulhar rapidamente cada um no vinho e passar no açúcar. Rende 50 biscoitos.



Tesouro tinto

Outras belas surpresas aguardam os viajantes em Espera Feliz, e uma das mais gratas é o biscoito de vinho feito por Shirley de Souza Rubio, de 70 anos, mãe de oito filhos e com 25 netos e três bisnetos. Alegre e comunicativa, ela aprendeu com a família do marido, que descendia de espanhóis, o preparo de um inigualável biscoito de vinho. "Em todas as nossas festas, o biscoito não pode faltar", afirma a dona-de-casa, que dá o toque mineiro à quitanda, com a legítima gordura de porco.

"Se fizer com óleo vegetal, não dá certo", recomenda. Então, é melhor seguir as orientações, pois ela aprendeu a receita ainda criança, já que convivia, desde cedo, com a família do marido. Na cozinha, dona Shirley, sem o menor sinal de estresse, ensina o passo-a-passo da quitanda, que exige muita atenção para ficar correta. Ao ficar pronta, a massa deve ter uma das laterais virada, como se formasse a aba de um chapéu.

O acabamento também merece cuidado especial. Depois de fritos, os biscoitos são passados rapidamente no vinho e no açúcar, ganhando um aspecto avermelhado. Para conservar, não há problemas. "Quando éramos crianças, os biscoitos ficavam guardados nas latas de 20 litros por até 30 dias, sem estragar", recorda-se dona Shirley, que se vale mais uma vez da experiência: "Só as quitandas que levam leite e ovos não conservam muito bem".

As horas passam e todos se esbaldam com os biscoitos de vinho, uma jóia preciosa que dispensa acompanhamentos.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade