UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro diz que usa Forças Armadas para 'impor' eleições limpas

Presidente participou de reunião com pastores da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil


04/08/2022 15:30 - atualizado 04/08/2022 15:50

Bolsonaro fala com jornalistas
Bolsonaro esteve com pastores na manhã desta quinta-feira (4/8) (foto: Alan Santos/PR)
O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a levantar suspeitas sobre o sistema eleitoral do país, nesta quinta-feira (4/8). Durante reunião com pastores, o chefe do Executivo federal disse que tem buscado impor, por meio das Forças Armadas, eleições transparentes.

Mais cedo, Bolsonaro participou de reunião com pastores da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil.

LEIA TAMBÉM: A eleição em que Bolsonaro defendeu urna eletrônica como antídoto contra fraude no voto impresso

“Três do TSE acreditam piamente nas pesquisas do Datafolha. Não quero alongar muito sobre isso. Estou fazendo minha parte no tocante a isso, buscando impor, via Forças Armadas, que foram convidadas, a nós termos eleições transparentes”, disse. “Porque, se houver algo de errado, não é só para mim. Vai ser para deputado, senador, governador”, completou.

O ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, pediu, na terça-feira (2/8), que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibilize o código-fonte das urnas eletrônicas. O ofício solicita acesso “urgentíssimo”. Segundo o texto, o pedido faz parte de demandas do ministério para fiscalização e auditorias nas urnas.

O acesso aos códigos-fonte do sistema eleitoral é liberado para partidos políticos, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e para o Ministério Público (MP) 180 dias antes da eleição.

Em 2021, o acesso aos códigos-fonte foi aberto em outubro para todas as entidades cadastradas. 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade