UAI
Publicidade

Estado de Minas ESCUTE OS AUDIOS

Confira o áudio em que Milton Ribeiro revela aviso de Bolsonaro sobre PF

Em 9 de junho, o ex-ministro disse, em conversa com uma filha, que recebeu uma ligação do presidente que dizia temer ser atingido por investigações


24/06/2022 17:02 - atualizado 24/06/2022 17:25

Jair Bolsonaro e Milton Ribeiro
Ex-ministro da Educação disse, em conversa com uma filha, que recebeu uma ligação do presidente Jair Bolsonaro (PL) (foto: EVARISTO SÁ/AFP)
Gravações, feitas com autorização da Justiça, foram consideradas pelos procuradores do Ministério Público Federal (MPF) como indícios de que o presidente Jair Bolsonaro interferiu na investigação da Polícia Federal (PF) sobre o ex-ministro da Educação.


Ao encaminhar o processo de investigação de Milton Ribeiro ao STF, o juiz federal Renato Borelli cita três conversas em que o ex-ministro demonstra ter medo de operações da Polícia Federal nas investigações sobre a influência de pastores no Ministério da Educação (MEC). 

Em uma delas, gravada no dia 9 de junho, o ex-ministro da Educação disse, em conversa com uma filha, que recebeu uma ligação do presidente Jair Bolsonaro (PL) em que o chefe do Executivo nacional dizia temer ser atingido pela investigação da Polícia Federal (PF).

Confira:



Leia mais no site: https://em.com.br / https://uai.com.br

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE!

Siga o Portal UAI nas redes sociais:
Instagram - https://instagram.com/estadodeminas/
Twitter - https://twitter.com/em_com

#Bolsonaro #MEC #MiltonRibeiro" />


Prisão

 
Milton Ribeiro esteve como ministro da Educação no Governo Bolsonaro entre julho de 2020 e março de 2022. Ele foi preso na última quarta-feira (22/06) pela Polícia Federal (PF) e solto no dia seguinte.

 
A prisão se deu por uma investigação que apura o envolvimento dele nos crimes de corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência e um suposto envolvimento em um esquema para liberação de verbas do Ministério da Educação.

Uma decisão dessa quinta-feira (23) do desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), determinou a suspensão da prisão do ex-ministro
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade