UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Pesquisa: 65% não mudariam voto para Lula vencer no primeiro turno em 2022

Índice obtido pela pesquisa Genial/Quaest diz respeito a eleitores que não escolheram Bolsonaro ou Lula no primeiro turno


08/06/2022 10:20 - atualizado 08/06/2022 10:59

Lula
Lula, pré-candidato à Presidência da República nas eleições de 2022 (foto: Sílvio Ávila/AFP)
Pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira (08/06) mostra que 65% das pessoas que não declararam voto em Jair Bolsonaro (PL) ou Lula (PT) nas eleições presidenciais de 2022, em outubro, não mudariam o voto para que o petista vencesse no primeiro turno. A estratégia é considerada pelo próprio levantamento como um "voto útil", quando se abre mão de uma escolha inicial para derrotar outro nome.

- Leia: Maior parte dos entrevistados avalia negativamente o governo Bolsonaro

Outros 27% disseram que mudariam o voto, enquanto 1% dos entrevistados afirmou não votar nesta situação e 6% não responderam ou não sabem. Dentre os três depois de Bolsonaro e Lula na disputa, o eleitorado mais simpático a Lula é o de Ciro Gomes (PDT).

Do eleitorado do pedetista no primeiro turno, 38% afirmaram que mudariam o voto para Lula vencer no primeiro turno. Contudo, 59% dizem que não alterariam a escolha mesmo para triunfo do petista em primeiro turno.

A pesquisa quantitativa foi realizada com parceria de Genial Investimentos e Quaest Consultoria e Pesquisa por meio de entrevistas face a face entre os dias 2 e 5 de junho deste ano. Ao todo, dois mil eleitores foram entrevistados, com margem de erro de dois pontos percentuais e intervalo de confiança de 95%. O registro da pesquisa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é BR-03552/2022.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade