UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Pesquisa Ipespe: Bolsonaro cresce dois pontos percentuais

Levantamento aponta queda de um ponto na rejeição ao governo


27/05/2022 11:34 - atualizado 27/05/2022 12:03

Bolsonaro
Jair Bolsonaro (PL) (foto: Agência Brasil/Reprodução )
Pesquisa do Ipespe publicada nesta sexta-feira (27/5) aponta que a rejeição ao governo de Jair Bolsonaro (PL) caiu um ponto percentual em relação à última semana - diferença dentro da margem de erro, que é de 3,2 pontos. O presidente alcançou 60% de desaprovação contra 35% de aprovação.  

Quanto à avaliação, 51% dos participantes consideram o atual governo como ruim ou péssimo; 31% avaliam como ótimo ou bom e 17% como regular. Em relação à economia, 62% acreditam que o país está caminhando para o lugar errado, enquanto 32% defendem as políticas econômicas de Bolsonaro. 

Sobre a inflação, 71% consideram que o preço dos produtos aumentaram muito, contra 3% que acreditam que ficaram iguais. Do grupo de participantes, somente 1% defendeu que os preços diminuíram. 

Já a atuação do presidente durante a pandemia da COVID-19, 50% avaliaram como ruim ou péssima; 30% como ótima e 17%, regular. 

Eleições 


Há poucos meses do início da corrida eleitoral para o Planalto, apesar de Bolsonaro crescer dois pontos percentuais em relação à última sexta-feira (20/5), a margem entre Lula e o atual presidente não teve impacto significativo.

A pesquisa aponta que o petista Luiz Inácio Lula da Silva mantém a liderança com 45%; enquanto o Bolsonaro tem 34% - na última semana a intenção era de 32%. Os dados são relativos à pesquisa estimulada, quando são apresentados as opções de candidatos. 

Ciro Gomes (PDT) continua em terceiro, com os mesmos 8% de intenção de voto; Simone Tebet (MDB), com 3% e João Dória (PSDB), que já saiu da disputa, 2%. 

A pesquisa aponta ainda que 43% não votariam de jeito nenhum em Lula e 59% afirmam que não votariam em Bolsonaro. 

Segundo Turno 


Em um cenário de segundo turno entre Lula e Jair Bolsonaro, o petista segue na liderança com 43% e o atual presidente, com 35%. Entre os participantes, 12% votariam nulo, branco ou não votariam. 

Entre Bolsonaro e Ciro, a margem reduz e o levantamento indica 44% dos votos para o representante do PDT e 41% para o atual presidente. 

Pesquisa 

Com uma amostra nacional de 1 mil entrevistados - representativa do eleitorado brasileiro, de 16 anos ou mais -  de todas as regiões do país, a pesquisa do Ipespe foi realizada no período de 23 a 25 de maio. 

A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais, para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,5%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade