UAI
Publicidade

Estado de Minas INVESTIGAÇÃO

Aras arquiva ação de Bolsonaro contra Moraes por 'abuso de autoridade'

Presidente já teve processo rejeitado no Supremo Tribunal Federal (STF) e recorria à PGR


26/05/2022 21:14

Procurador-geral da República, Augusto Aras
O procurador-geral da República, Augusto Aras, arquivou a notícia-crime apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) contra o ministro Alexandre de Moraes (foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil )

O procurador-geral da República, Augusto Aras, arquivou a notícia-crime apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), por "abuso de poder". A decisão foi publicada nesta quinta-feira (26/5).
"Em face do exposto, tendo em vista o aspecto formal descrito e para evitar duplicidade de procedimentos, determino o arquivamento desta notícia-crime", escreveu Aras.

Jair Bolsonaro acusa Alexandre de Moraes de cometer "sucessivos ataques à democracia, desrespeito à Constituição e desprezo aos direitos e garantias fundamentais" e de "abuso de autoridade".

A ação foi rejeitada pelo ministro do STF Dias Toffoli que afirmou que os argumentos do chefe do Executivo "não constituem crime e que não há justa causa para o prosseguimento do feito". Segundo o magistrado, Moraes não cometeu nenhum delito por ser relator dos inquéritos que envolvem o presidente.

Bolsonaro chegou a apresentar, nesta semana, um recurso em objeção à decisão de Toffoli de arquivar o processo. Segundo a defesa do presidente, o pedido de investigação deveria ter sido encaminhado diretamente à Procuradoria Geral da República (PGR) e não para relatoria de Toffoli. O recurso apresentado nesta terça-feira também recomenda que a ação possa ser levada ao plenário do Supremo para apreciação dos magistrados sobre o tema, caso a PGR não revise a matéria.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade