UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES

Eleições 2022: Queiroz deve se candidatar a deputado federal

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro deve se filiar ao PTB, mas também tem sido cogitado como puxador de votos de legendas menores do campo conservador


18/01/2022 16:34 - atualizado 18/01/2022 17:18

Queiroz preso pela PF
Fabrício Queiroz no momento da sua prisão pela Polícia Federal em 2020 (foto: PF/Reprodução)
Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), Fabricio Queiroz admitiu, nesta terça-feira (18/1), que pode ser candidato a deputado federal nas eleições deste ano. A declaração foi feita em entrevista à CNN Brasil.

“Não tenho nenhum impedimento para concorrer. Sou investigado como várias pessoas são, várias que inclusive estão ocupando cargos no momento”, afirmou Queiroz.
 
O ex-assessor deve se filiar ao PTB, mas também tem sido cogitado como puxador de votos de legendas menores do campo conservador.

Durante a entrevista, o ex-policial disse que é um “grande admirador do Roberto Jefferson”, ex-deputado federal e presidente afastado do PTB, que está preso desde agosto do ano passado.

Queiroz foi denunciado por peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro junto com Flávio Bolsonaro e outras 15 pessoas em novembro de 2020 no caso das rachadinhas, prática na qual parlamentares se apropriam de parte dos salários dos assessores.
 
O ex-assessor chegou a ser preso pelo Polícia Federal em junho de 2020, em Atibaia. O imóvel em que ele estava era de Frederick Wassef, então advogado de Flávio e do presidente Jair Bolsonaro. Menos de um mês depois ele conseguiu no Superior Tribunal de Justiça (STJ) o benefício da prisão domiciliar. Em março deste ano, o mesmo STJ votou por libertar Queiroz. 
 
 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade