UAI
Publicidade

Estado de Minas STF

Moraes autoriza Roberto Jefferson a fazer exames fora da prisão

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), o ex-deputado está preso desde agosto e recentemente apresentou sintomas respiratórios e febre


18/01/2022 16:08 - atualizado 18/01/2022 16:47

Roberto Jefferson segura duas armas na frente da bandeira do Brasil
Roberto Jefferson com armas na mão em uma das postagens favoráveis ao governo Bolsonaro (foto: Redes Sociais/Reprodução)
O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) foi liberado, nesta terça-feira (18/1), pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a deixar a prisão para ser transferido para um hospital para fazer exames.
"Autorizo a saída imediata e temporária de Roberto Jefferson Monteiro Francisco do estabelecimento prisional, para a realização dos exames indicados por sua médica particular", escreveu o ministro.

Jefferson, que é apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), está preso desde agosto e recentemente apresentou sintomas respiratórios e febre.

De acordo com o documento, o político será levado para um hospital em Botafogo, Zona Sul do Rio. “Ele deverá ser acompanhado por escolta e retornar ao estabelecimento prisional após a realização dos exames apontados como necessários, sendo permitido seu contato somente com a equipe médica e de enfermagem."

A decisão do ministro vem logo após a mulher do ex-deputado, Ana Lúcia Jefferson, gravar um vídeo e fazer um apelo às autoridades sobre a situação do marido. A defesa pediu a transferência do político da cadeia para um hospital há uma semana.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade