UAI
Publicidade

Estado de Minas ÍNDICES

Pesquisa: para 70%, Bolsonaro tem ação negativa no combate à inflação

Levantamento Genial-Quaest divulgado nesta quarta-feira (8/12) trouxe números ruins para o presidente


08/12/2021 16:28

O presidente Jair Bolsonaro participa da solenidade
(foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
A economia é considerada o principal problema do país entre os eleitores brasileiros, com 41% das respostas e para 70% dos entrevistados a situação piorou, de acordo com dados edição de dezembro da pesquisa Genial-Quaest, divulgada nesta quarta-feira (8/12). O levantamento também revelou que 70% dos eleitores avaliam como negativa a ação do governo Jair Bolsonaro (PL) contra a inflação.
A geração de empregos, o combate às queimadas na Amazônia e o combate à violência também são ações do atual governo com avaliação negativa para  51%, 51% e 50% dos entrevistados, respectivamente.

De acordo o cientista político Felipe Nunes, CEO da Quaest, a pesquisa constatou que o presidente Bolsonaro parece ter conseguido estancar a má avaliação de seu governo. Em novembro, 56% dos entrevistados avaliavam negativamente o governo e, em dezembro, esse percentual passou para 50%. A avaliação negativa caiu em todas as regiões do país, exceto no Nordeste, onde o percentual passou de 60% para 61%, entre novembro de dezembro, conforme a enquete. 

Contudo, quando questionados sobre a atuação do governo em diversas frentes, como o combate à corrupção e à COVID-19, os brasileiros se mostram descontentes. A avaliação da gestão do governo na luta contra o novo coronavírus é negativa para 47% do eleitorado e  48% deles consideram ruim a atuação do governo contra a corrupção.

O levantamento foi feito entre os dias 2 e 5 de dezembro com 2.037 entrevistas presenciais em todos o Brasil. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para cima ou para baixo. 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade