UAI
Publicidade

Estado de Minas Peculato

Ex-secretário de Saúde de Conceição da Aparecida é acusado de peculato

Investigado afirmou que o equipamento estaria com defeito e que o havia encaminhado para o setor de baixa, no entanto, não há provas


01/12/2021 15:27 - atualizado 01/12/2021 15:48

Delegacia de Polícia Civil de Conceição da Aparecida
Investigação foi conduzida pela delegacia de Polícia Civil de Conceição da Aparecida (foto: PCMG)

O ex-secretário de Saúde de Conceição da Aparecida, no Centro-Oeste do estado, um homem de 39 anos, foi indiciado pela Polícia Civil, pelo crime de peculato, depois do desaparecimento de um notebook.


A queixa foi registrada pela Secretaria Municipal de Saúde de Conceição da Aparecida, em 19 de agosto de 2015, informando que o aparelho não havia sido devolvido por ocasião da transição de governo.


O suspeito foi ouvido durante as investigações e informou que o notebook desaparecido era sucata e teria sido encaminhado ao setor próprio da prefeitura, para que fosse dada a baixa do equipamento.


No entando, as investigações apontaram, depois de recolhidos documentos, e testemunhas foram ouvidas, que na ocasião não foi adotado qualquer procedimento formal para a baixa do equipamento.


As testemunhas afirmaram, em depoimento, que não tinham qualquer informação ou tomaram conhecimento de que houvesse qualquer defeito no equipamento desaparecido. O inquérito já foi remetido para a Justiça.



 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade