UAI
Publicidade

Estado de Minas ACORDO EM BRASÍLIA

Samu de Minas recebe verba extra de R$ 8 milhões

O serviço corria o risco de ser paralisado por conta das dificuldades financeiras


20/10/2021 18:38 - atualizado 20/10/2021 19:06

Reunião em Brasília
Reunião de Rodrigo Pacheco, com o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, e com os presidentes dos oito consórcios intermunicipais de saúde (foto: Marcos Brandão/Senado Federal)
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) de Minas Gerais vai contar com uma verba extra de R$ 8 milhões. O serviço corria o risco de ser paralisado por conta das dificuldades financeiras. A ação foi uma articulação do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).
 
O anúncio foi feito em Brasília pelo diretor jurídico da presidência do Senado, Alexandre Silveira, durante reunião com o secretário de Saúde de Minas, Fábio Baccheretti, e com os presidentes dos oito consórcios intermunicipais de saúde do estado. 
 

Na reunião, ficou combinado que o recurso será repassado a Minas, que cuidará da transferência para oito consórcios intermunicipais. 

Em nome do presidente do Congresso, Silveira também assumiu o compromisso de, com os parlamentares de Minas no Senado e na Câmara, assegurar para os Samu's, em 2021, mais R$ 10 milhões, por meio de uma emenda de bancada. 

O acordo foi visto com bons olhos pelos presidentes dos consórcios intermunicipais, que em documento enviado a Pacheco, afirmaram que saíram da reunião “felizes”.

“Saímos daqui felizes, não somente por conta do aporte financeiro que conseguimos, mas em razão do comprometimento e empenho do Senado em torno de uma pauta nacional, que é a dificuldade financeira que estão enfrentando os Samu's de todo o Brasil”,diz.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade