Publicidade

Estado de Minas CLUBE DE TIRO

Quatro meses após deixar a cadeia, Queiroz pratica tiro ao alvo

Queiroz foi denunciado por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa no processo das 'rachadinhas'


23/07/2021 16:26 - atualizado 23/07/2021 17:02

Fábricio Queiroz testou diversas armas durante prática de tiro ao alvo(foto: Redes Sociais/Reprodução)
Fábricio Queiroz testou diversas armas durante prática de tiro ao alvo (foto: Redes Sociais/Reprodução)
O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), Fabricio Queiroz, publicou, na tarde de quinta-feira (22/7), três vídeos em que ele aparece praticando tiro ao alvo em um clube de tiro na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Ex-funcionário do filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Queiroz foi denunciado por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa no processo das "rachadinhas" com Flávio Bolsonaro.

Ele conseguiu o porte de arma em maio, após fazer exame de saúde.
 
Nas imagens, o PM da reserva aparece atirando sorridente e usando diferentes armas. Em um vídeo, uma pessoa pede para Queiroz fazer “cara de mau”.
 
Queiroz foi apontado pelo Ministério Público do Rio como o operador do esquema de desvios no gabinete de Flávio quando ele era deputado estadual.
 
Há cerca de quatro meses, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu conceder liberdade a Fabrício Queiroz e a mulher de Queiroz, Márcia.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade