Publicidade

Estado de Minas CPI da COVID

'Flavinho': internautas fazem memes com Flávio Bolsonaro na CPI

Durante depoimento de Wilson Witzel, ex- governador do Rio de Janeiro, filho 01 do presidente bateu boca com deponente e recebeu críticas on-line


16/06/2021 14:29 - atualizado 16/06/2021 15:22

Flávio Bolsonaro e Witzel bateram boca durante sessão da CPI(foto: Reprodução Senado)
Flávio Bolsonaro e Witzel bateram boca durante sessão da CPI (foto: Reprodução Senado)
O ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, prestou depoimento, nesta quarta-feira (16/6), à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID. A sessão foi encerrada por volta das 14h, após Witzel se retirar, usando o habeas corpus dado pelo ministro Nunes Marques do Supremo Tribunal Federal (STF).
Witzel foi questionado pelos senadores sobre o possível desvios nas verbas públicas destinada à saúde e demais assuntos ligados à pandemia. Entre os parlamentares, o filho 01 do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o senador Flávio Bolsonaro (Patriota), também está presente na sessão. 

Apesar do assunto sério, nas redes sociais, o depoimento de Witzel tornou-se piada. Assim que a sessão da CPI começou, internautas ironizaram a semelhança entre o nome do ex-governador do Rio de Janeiro e a cantora Whitney Houston.  

Logo, os primeiros “memes”, que são piadas criadas por internautas nas redes sociais, foram montados. O nome 'Whitney Houston’ ficou entre os assuntos mais comentados da manhã desta quarta-feira no Twitter Brasil. 
 



O nome da cantora também foi vinculado ao bate-boca entre Witzel e Flávio Bolsonaro. O ex- governador e o senador eram aliados no passado. Entretanto, hoje seguem caminhos diferentes.

As diferenças entre os políticos ficaram mais claras na CPI da COVID. Flávio interrompeu, em vários momentos, a fala de Witzel. Por isso, o relator Renan Calheiros (MDL-AL) perguntou se o ex-governador do Rio se sentia incomodado com a presença do filho de Bolsonaro.

"Não tenho problema com a presença do senador Flávio Bolsonaro. Conheço ele desde garoto, conheço sua família, sua mãe, a Rogéria Bolsonaro, conheço seu pai de longa data. A minha questão aqui não é pessoal , minha questão é constitucional em defesa da democracia”, respondeu.
 
Como resposta, Flávio respondeu, ironizando: “Que lindo discurso”.
 
O ex-governador se irritou com a nova interrupção de Flávio e declarou que não é "porteiro'' para ser intimidado. “Se o senhor fosse um pouquinho mais educado e menos mimado, o senhor teria respeito pelo o que estou falando. O senhor me respeite”, disse para o filho do chefe do Executivo.
 


Nas redes sociais, o ‘bate-boca’ gerou memes. Ao som de ‘I will always love you’, da cantora Whitney Houston, internautas brincaram com a antiga parceria que os políticos tinham. O vídeo, que foi publicado no Twitter, conta com imagens de Witzel e Flávio chorando. 
 

Veja vídeo:

 

Durante a fala de Witzel sobre as investigações do assassinado da vereadora Marielle Franco, Flavio Bolsonaro também virou ‘meme’.


Entenda fala de Witzel sobre Marielle Franco:

 
 
Além disso, Flávio Bolsonaro ganhou um apelido irônico de ‘Flávinho’, que também ficou entre os assuntos mais comentados do dia no Twitter Brasil. 

Veja memes:

 
*Estagiária sob supervisão do subeditor João Renato Faria 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade