Publicidade

Estado de Minas CPI DA COVID

Aziz: esperamos que decisão do STF sobre governadores não saia em cima da hora

No dia 28 de maio, chefes de 17 estados e do Distrito Federal pediram à Corte um salvo-conduto para não comparecerem à CPI


15/06/2021 17:16 - atualizado 15/06/2021 20:25

Omar Aziz pede que STF seja rápido(foto: Jefferson Rudy/Agência Brasil)
Omar Aziz pede que STF seja rápido (foto: Jefferson Rudy/Agência Brasil)

O presidente da CPI da COVID, Omar Aziz (PSD-AM), disse esperar que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a ação de governadores para não comparecerem à comissão não "saia em cima da hora". No dia 28 de maio, chefes de 17 estados e do Distrito Federal pediram à Corte um salvo-conduto para não comparecerem à CPI. Mas, até o momento, a ministra Rosa Weber não decidiu no processo.

 

 

Aziz disse ser importante que a decisão da ministra não seja dada com muita proximidade das datas marcadas para os depoimentos dos governadores. A CPI aprovou convocação de nove governadores, entre eles do Amazonas, Wilson Lima (PSC) - que conseguiu uma decisão individual de Rosa para não falar à CPI.

"A gente espera que decisão do STF não saia em cima da hora, se não vai nos prejudicar", disse o presidente da CPI. Ele lembrou que, se os governadores conseguirem o aval para não depor, será preciso reprogramar a agenda de oitivas da comissão.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade