Publicidade

Estado de Minas INVESTIGAÇÃO

TCU identifica auditor responsável por estudo paralelo citado por Bolsonaro

Presidente citou documento que apontaria que mortes por COVID-19 seriam 50% menores do que o anunciado


08/06/2021 16:01 - atualizado 08/06/2021 16:21

'Estudo paralelo' está circulando em grupos de integrantes do TCU(foto: BARBARA CABRAL/ESP.CB/D.A)
'Estudo paralelo' está circulando em grupos de integrantes do TCU (foto: BARBARA CABRAL/ESP.CB/D.A)
O Tribunal de Contas da União (TCU) já identificou o auditor que fez, por conta própria, um “estudo paralelo” citado pelo presidente Jair Bolsonaro como sendo um documento oficial do órgão. O “estudo paralelo”, que circulou pelo gabinete das sombras, aponta que as mortes pela COVID-19 “são 50% menores do que o anunciado” pelos estados.
 
Ao mesmo tempo em que negou a existência de um estudo oficial que trate de mortes pela COVID-19, o TCU abriu investigação para apurar o que levou o auditor a propagar informações falsas sobre tema tão sensível. Suspeita-se de alinhamento político com o governo. Esse auditor compartilha fake news em várias redes sociais, como já se apurou.

O “estudo paralelo”, considerado pelos ministros do TCU como um acinte, está circulando em grupos de integrantes do tribunal. A perplexidade é grande, pois, além de os dados apresentados por esse auditor serem manipulados e falsos, reforça o perigo da mistura entre funcionários de órgãos fiscalizadores com questões políticas.

A posição fechada pelo TCU, depois de encerradas as investigações, é punir com rigor o auditor, pois é preciso dar exemplo. No entender dos ministros, comprovadas todas as suspeitas de irregularidades, não se seguirá o exemplo do Exército, que arquivou o processo administrativo contra o general Eduardo Pazuello, mesmo diante do evidente descumprimento por ele do Estatuto dos Militares.

Nesta terça-feira (08/06), o presidente Bolsonaro admitiu que os dados citados por ele com “base em estudo do TCU” são falsos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade