Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Bolsonaro diz que indígenas do Amazonas tomaram chá contra a COVID-19

Presidente recomendou ao presidente da CPI da COVID, senador Omar Aziz, que convide os índios para falar do método


27/05/2021 19:19 - atualizado 27/05/2021 19:34

Bolsonaro ironizou decisão do YouTube que removeu vídeos do presidente falando sobre cloroquina(foto: Alan Santos/PR)
Bolsonaro ironizou decisão do YouTube que removeu vídeos do presidente falando sobre cloroquina (foto: Alan Santos/PR)
Em transmissão ao vivo pela internet nesta quinta-feira (27/5), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que está no Amazonas para a inauguração de uma ponte, afirmou que índigenas da região tomaram chá para tratar da COVID-19. Bolsonaro chegou até a recomendar o presidente da CPI da COVID, senador Omar Aziz (PSD-AM), que convide os indígenas para que falem do método.

De acordo com Bolsonaro, uma tribo na Amazônia tomou chá de carapanaúba, saracura e jambu, quando alguns indígenas contraíram a COVID-19 antes da vacinação. O presidente disse que ninguém morreu, mas reconheceu que o tratamento não possui comprovação científica.

“Não morreram por quê? Tomaram alguma coisa, perguntei. Segundo eles, tomaram chá de carapanaúba, saracura e jambu. Não tem comprovação científica, mas tomaram isso. Poderia essa querida CPI, que tem como presidente o senador Omar Aziz - sei que não pode convocar indígenas, pois não se enquadram -, mas poderia convidá-los para ouví-los”, disse o presidente.

Também nesta quinta, o YouTube removeu 11 vídeos de Bolsonaro nos quais o presidente falava sobre a cloroquina. Ele evitou falar sobre o assunto, mas ironizou a decisão da plataforma na exclusão dos materiais. “Não vou falar aquilo que tomei no Brasil pois vão cortar o sinal meu da internet. Mas vocês sabem o que eu tomei”, concluiu.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade