Publicidade

Estado de Minas SEGURANÇA

Bolsonaro pode ter que pagar por segurança em ato do último domingo

Advogados de alguns partidos tentam fazer com que o presidente pague a diária dos seguranças que o acompanham, inclusive com uso de helicóptero oficial.


25/05/2021 07:39

(foto: Alan Santos/PR)
(foto: Alan Santos/PR)
A jornalista Denise Rothenburg, no blog da Denise, no Correio Braziliense, publica, nesta terça-feira (25/5), que o presidente 'Jair Bolsonaro corre o risco de ter que arcar com as despesas de sua segurança na aglomeração do final de semana'. "Afinal, o país ainda não está em temporada eleitoral e a manifestação não faz parte da agenda oficial. Como ele ainda está sem partido, advogados de algumas legendas quebram a cabeça para ver como deve ser cobrada a diária dos seguranças que o acompanham, nos quais há, inclusive, o uso de helicóptero oficial."


Denise também revela que 'de concreto, há um anúncio do líder do PT, Elvino Bohn Gass (RS), junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), para verificar se o presidente deve mesmo ressarcir os cofres públicos. Há outros advogados estudando ações junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pela campanha fora de época.'


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade