Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Governo Bolsonaro espera muitas acusações durante CPI da COVID

Entre os atos elencados estão a negligência na compra de vacinas e o incentivo ao uso de medicamentos ineficazes contra a doença


27/04/2021 04:00 - atualizado 27/04/2021 11:54

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) vai apresentar 18 temas a serem investigados pela CPI, uma lista menor do que a do governo(foto: JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO)
O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) vai apresentar 18 temas a serem investigados pela CPI, uma lista menor do que a do governo (foto: JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO)
Brasília – A Casa Civil da Presidência da República enviou a 13 ministérios uma relação de questões  que preparem suas defesas contra as acusações que o governo deve enfrentar na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia.

O governo alega que são acusações "mentirosas", que têm como motivação "desacreditar" o Executivo.

Ao todo, são 23 questões listadas pelo governo. Parte dos pontos levantados tem como base um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre a gestão do Ministério da Saúde na pandemia e uma investigação do Ministério Público Federal do Amazonas (MPF-AM), que já resultou em ação de improbidade contra Eduardo Pazuello e outras cinco autoridades da pasta e da Secretaria Estadual de Saúde.

Entre os atos elencados estão a negligência na compra de vacinas e o incentivo ao uso de medicamentos ineficazes contra a doença, inclusive com uso de recursos públicos nesta prática, e atraso na compra de remédios usados na intubação de pacientes em estado grave, o que pode representar crime de responsabilidade e ilícitos penais.

Ao vivo: começa a CPI da COVID; assista

De acordo com o texto, o governo também pode ser acusado pelos senadores de não realizar campanhas para incentivar a adoção de medidas sanitárias para prevenir infecções, minimizar a pandemia e militar o Ministério da Saúde. O governo pretende responder a cada questão na CPI.

A lista de acusações que o governo espera é maior do que a preparada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que deve ser escolhido vice-presidente da CPI, preparou para apresentar. Ele quer apresenta 13 temas, entre eles investigar a produção e a distribuição de cloroquina e a crise de oxigênio em Manaus.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade